Índice de levantamento da equação do NIOSH e lombalgia

Eliana Remor Teixeira, Maria Lúcia Ribeiro Okimoto, Leila Amaral Gontijo

Resumo


Este estudo tem por objetivo avaliar a relação entre o Índice de Levantamento obtido mediante a aplicação da Equação de Levantamento do NIOSH e a incidência de lombalgia entre quarenta e oito trabalhadores envolvidos nas tarefas de levantamento manual de cargas. Aplicou-se a equação em onze tarefas e realizou-se entrevista com os trabalhadores. As condições mais desfavoráveis apresentavam-se no destino do levantamento. As variáveis da tarefa que mais contribuíram para os valores inadequados do Índice de Levantamento foram: a distância horizontal, a frequência de levantamentos e a distância vertical; além do peso elevado da carga. A incidência de lombalgia nos últimos doze meses foi de 19%, enquanto que a incidência da lombalgia relacionada ao trabalho, no mesmo período, foi de 10%. Em 72,7% das tarefas avaliadas o Índice de Levantamento Composto foi superior a três, sendo consideradas como de alto risco ergonômico.

 


Palavras-chave


Equação de levantamento do NIOSH, índice de levantamento, levantamento manual de cargas, lombalgia, ergonomia

Texto completo:

PDF/A ♪AUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v11i3.710

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com