AS OPÇÕES REAIS APLICADAS NO ORÇAMENTO DE CAPITAL

Antonio Lopo Martins, Miguel Angel Rivera Castro, Sonia Maria da Silva Gomes

Resumo


As técnicas tradicionais de orçamento de capital, como o fluxo de caixa descontado e o valor presente líquido, não incorporam as flexibilidades existentes em um projeto de investimento, elas tendem a distorcer o valor de certos investimentos, principalmente aqueles que são propostos em cenários de incerteza e risco. Por essa razão, procurou-se, neste estudo, demonstrar que a Teoria das Opções Reais (TOR) é uma metodologia útil para avaliar e indicar a melhor opção para projeto de investimento de expansão. Para alcançar o objetivo proposto utilizou-se o método de procedimento estudo de caso, tendo como unidade de caso o Resort Praia Hotel do Litoral Norte de Salvador. O estudou desenvolveu-se da seguinte forma: primeiro identificou o valor presente líquido tradicional e depois incorporou a ele a volatilidade de cada incerteza analisada. Segundo, como as opções reais são análogas às opções financeiras, foi necessário identificar elementos que compusessem as terminologias das opções financeiras com o intuito de obter o valor da opção real. Para isso utilizou-se o modelo de precificação de opções de Black & Scholes conjuntamente com um simulador computacional (SLS) para obter o valor presente líquido expandido. Com o resultado deste estudo foi possível constatar que usando a ferramenta tradicional de orçamento de capital o Valor Presente Liquido (VPL) é negativo, portanto o projeto de expansão do Hotel seria rejeito. Enquanto pela aplicação da metodologia TOR o projeto apresenta Valor Presente Expandido positivo o que representaria uma ótima oportunidade de investimento.

Palavras-chave: Orçamento de capital, Opções reais, Análise de investimento.

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v7i4.62

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com