Análise de DORT na instalação de forros térmicos através da Análise Ergonômica do Trabalho

Lizandra Garcia Lupi Vergara, Lúcia Lunelli, Wagner Arantes

Resumo


Os trabalhadores especializados em instalação de forros térmicos sofrem constantes dores principalmente na região do pescoço e costas durante a execução de suas atividades. Considerando a fadiga muscular oriunda de problemas posturais e os freqüentes acidentes ocorridos com profissionais desta área, utilizou-se a metodologia de Análise Ergonômica do Trabalho para a realização da presente pesquisa, desenvolvida no setor de estamparia de uma indústria têxtil em Jaraguá do Sul-SC. Para a análise das atividades destes trabalhadores, foram consideradas questões relacionadas à sobrecarga física, força aplicada com as mãos, posturas assumidas, organização do trabalho e ferramentas utilizadas, na avaliação simplificada - aplicando o modelo de Check-list de Couto - do fator biomecânico no risco para distúrbios músculo-esqueléticos de membros superiores relacionados ao trabalho. Os resultados do check-list demonstraram que os trabalhadores analisados apresentaram um fator biomecânico muito significativo, com grande risco de obtenção de distúrbios osteomusculares relacionados com o trabalho (DORT). Com o objetivo de garantir melhores condições de trabalho, saúde e segurança dos profissionais de instalação de forros térmicos, foram apresentadas propostas de redesign de equipamentos visando a otimização da atividade, assim como sugeridas melhorias relacionadas à organização do trabalho e prevenção dos distúrbios de membros superiores, baseando-se em princípios ergonômicos.

Palavras chave: Ergonomia, DORT, Segurança


Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v3i4.573

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com