Uso do Quality Function Deployment (QFD) na definição do peso das perspectivas e indicadores no Scorecard

João Batista Sobreira Leal, Néocles Alves Pereira

Resumo


Este artigo apresenta a experiência de uma empresa de bens de capital brasileirano uso do Quality Function Deployment (QFD) na determinação do peso de cada perspectiva e indicadores de desempenho do Balanced Scorecard. Mostra o método e o modelo de cálculo adotado, tomando-se como exemplo a área de caldeiraria da empresa. Esta necessidade de modelar o método de cálculo nasceu com a necessidade de avaliar o grau de conformidade de cada área com a estratégia da empresa, produzindo um escore que pudesse ser comparado entre as diversas áreas. Isto evitaria a distorção que seria provocada se o peso das medições fosse definido segundo um critério aleatório de cada área.

Palavras-Chave: Gestão, Qualidade, Desempenho, Scorecard, medição, peso.

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v7i4.56

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com