Voluntariado corporativo - motivações para o trabalho voluntário

Debora Azevedo

Resumo


No cenário atual, em que o bem-estar social é de responsabilidade de toda a sociedade e não apenas do Estado, as organizações do setor privado passam a assumir co-responsabilidade pelas questões sociais, pressionadas também pelos desafios apresentados pelos avanços tecnológicos e pela globalização, que implicam novos parâmetros de qualidade e exigências. Nesse contexto, surge a noção de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) como opção de solução para as questões relacionadas à empresa e à comunidade. Dentre as ações da RSC encontra-se o Voluntariado Corporativo – programa realizado nas organizações que visa estimular/incentivar os colaboradores à realização de trabalho voluntário. Uma questão central ao se falar em voluntariado é a evasão destes (SILVA e FEITOSA, 2002; TEODÓSIO, 1999) e, de acordo com o Comunidade Solidária (1997), uma das possíveis causas para a evasão é a falta de clareza quanto às motivações e expectativas que levam a pessoa a voluntariar-se. Este estudo utiliza pesquisa qualitativa e triangulação de opiniões de voluntários, coordenadores de voluntários e organizações sociais, para apresentar um framework a partir do qual se possam analisar as diferentes motivações para a realização do trabalho voluntário.

Palavras-chave: Voluntariado Corporativo. Trabalho voluntário. Responsabilidade Social Corporativa.

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v7i4.55

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com