Diagnóstico das práticas de descarte dos resíduos sólidos em comunidades

Autores

  • Luana Pessoa Oliveira UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA https://orcid.org/0000-0001-6962-6210
  • Francisca Jeanne Sidrim de Figueiredo Mendonça Universidade Regional Do Cariri (URCA), Juazeiro do Norte, CE
  • Frederico Romel Maia Tavares Universidade Regional Do Cariri (URCA), Juazeiro do Norte, CE
  • Tatiana Betat Kohlrausch Universidade Regional Do Cariri (URCA), Juazeiro do Norte, CE
  • Jéssica Ingrid Marinho Chaves Universidade Regional Do Cariri (URCA), Juazeiro do Norte, CE

DOI:

https://doi.org/10.14488/1676-1901.v21i3.4349

Palavras-chave:

Logística reversa, Coleta seletiva, Resíduos, Desenvolvimento sustentável, Educação ambiental.

Resumo

Atualmente, o consumo da população seguido da produção de resíduos sólidos vem aumentando cada vez mais. A quantidade de resíduos sólidos em lixões a céu aberto prejudica à qualidade do meio ambiente, do solo e da saúde da população.  Este trabalho tem como objetivo, apresentar resultados parciais do projeto, para a constituição de uma rede de coleta seletiva de resíduos sólidos. Este projeto caracteriza-se como um Estudo de Caso. Foram realizadas entrevistas estruturadas com uso de um questionário feito através da ferramenta google forms para a coleta de dados. Concluiu-se a partir dos resultados obtidos que, a comunidade desconhece a importância do descarte adequado dos resíduos sólidos e a separação de lixo, assim como uma possível reciclagem ou reuso. Neste caso, ações mínimas como a realização de cursos relacionados à educação ambiental, saúde, economia e empreendedorismo podem ser aplicadas as comunidades como forma de melhorar a qualidade de vida, gerar renda e contribuir com a sustentabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Pessoa Oliveira, UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA

Graduanda do 8° semestre no curso de Engenharia de Produção Mecânica, pela Universidade Regional do Cariri- URCA. Atualmente é bolsista de Extensão (PROEX) do projeto:  "Implantação de ações sistemáticas para iniciar a prática da logística reversa de resíduos sólidos nas comunidades dos geosítios".

Referências

BARBOSA, M.R; COSTA, I; GONÇALVES, R.F. Uma proposta de funcionalidades para sistemas de informação dedicados à logística reversa. São Paulo, 2015.

BELLEN, H. M. V; PETRASSI, A. C. A. Gerenciamento de resíduos: uma reflexão a partir dos objetivos de desenvolvimento sustentável. Rio de janeiro, 2017.

BRASIL. Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm. Acesso em: abr. 2021.

BRAVO, Thamara Lins; PEÇANHA, Anderson Lopes, WERNER, Elias Terra; SANTOS, Alexandre Augusto Oliveira. Educação ambiental e percepção da implantação de coleta seletiva de lixo urbano em De Alegre, ES. Revista gestão e Sustentabilidade Ambiental. Florianópolis, v. 7, n. 1, p. 375-396, jan./mar. 2018. https://doi.org/10.19177/rgsa.v7e12018375-396

COMO DESTINAÇÃO correta do lixo pode contribuir para preservação do meio ambiente? Revista Brasil, 2021. Disponível em: https://radios.ebc.com.br/revista-brasil/2021/06/como-destinacao-correta-do-lixo-domestico-pode. Acesso em: ago. 2021.

CONHEÇA AS ODS. CNM, 2020. Disponível em: https://ods.cnm.org.br/agenda-2030. Acesso em: abr. 2021.

CONKE, Leonardo Silveira; NASCIMENTO, Elimar Pinheiro do. A coleta seletiva nas pesquisas brasileiras: uma avaliação metodológica. Revista Brasileira de Gestão Urbana (Brazilian Journal of Urban Management). DF, Brasil, 2018. https://doi.org/10.1590/2175-3369.010.001.ao14

DESCARTE INCORRETO de lixo: entenda por que é preciso mudar esse cenário no país. BRK Ambiental, 2021. Disponível em: https://blog.brkambiental.com.br/descarte-de-lixo-2/. Acesso em: maio 2021.

DESTINAÇÃO inadequada de lixo cresce 16% em uma década. Agência Brasil, 2020. Disponível em: https://agenciabrasil-ebc-com-br.cdn.ampproject.org/c/s/agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-12/destinacao-inadequada-de-lixo-cresce-16-em-uma-decada?amp . Acesso em: ago. 2021.

FAXINA, F. Environmental sustainability in fishing communities within tourist destinations: the case of Mem de Sá Island – Brazil. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – GeAS. J. Environ. Manag. & Sust. v.10, n. 10, p. 1-20, e16311, 2021. https://doi.org/10.5585/geas.v10i1.16311

GARCIA, M. B. S. et al. Resíduos sólidos: responsabilidade compartilhada. Rio de Janeiro, 2015. https://doi.org/10.15202/1981996X.2015v9n2p77

GUIA completo da gestão de resíduos sólidos. VG Resíduos, 2020. Disponível em: https://www.vgresiduos.com.br/blog/guia-completo-da-gestao-de-residuos-solidos/ . Acesso em: ago. 2021.

IMPACTOS da má gestão dos resíduos sólidos. VG Resíduos, 2020. Disponível em: https://www.vgresiduos.com.br/blog/impactos-da-ma-gestao-dos-residuos-solidos/. Acesso em: ago. 2021.

MACHADO, Gabriel Cappello; FERES, Pedro Pereira; GONÇALVES, Max Filipe Silva. Reverse logistics: feasibility analysis of the collection and restitution of lubricating oil used or contaminated. Journal Of Engineering And Technology For Industrial Applications, v. 5, p. 62-67, mar. 2019. https://doi.org/10.5935/2447-0228.20190009

MARGETA, J. Selection and evaluation of a septage management concept for islands: The case study of Braˇc Island. Journal of Environmental Management, n. 285, 112128, 2021. https://doi.org/10.1016/j.jenvman.2021.112128

MAIS de 50% das cidades brasileiros descartam o lixo de modo incorreto. Retec Resíduos, 2019. Disponível em: https://retecresiduos.com.br/mais-de-50-das-cidades-brasileiros-descartam-o-lixo-de-modo-incorreto/. Acesso em: maio 2021.

MENDES, Giselly S. et al. Logística reversa: estudo de caso em uma indústria de artefatos plásticos. Exacta, v. 14. São Paulo, 2016. https://doi.org/10.5585/exactaep.v14n1.6110

POR QUE as latas de lixo são separadas por cor? Koleta Ambiental, 2019. Disponível em: https://www.koleta.com.br/post/por-que-as-latas-de-lixo-s%C3%A3o-separadas-por-cor. Acesso em: ago. 2021.

OS 17 OBJETIVOS de Desenvolvimento Sustentável. Agenda 2030, 2020. Disponível em: http://www.agenda2030.org.br/ods/13/. Acesso em: abr. 2021.

RIBEIRO, M. S. R. et al. Coleta seletiva: influência nos hábitos de descarte da população em Lavras, Minas Gerais. Minas Gerais, 2017.

QUAL A IMPORTÂNCIA da reciclagem para uma sociedade mais sustentável? BRK ambiental, 2019. Disponível em: https://blog.brkambiental.com.br/reciclagem/. Acesso em: abr. 2021.

RODRIGUEZ, C. et al. Socioeconomic Profile of Tourists with a Greater Circular Attitude and Behaviour in Hotels of a Sun and Beach Destination. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 17, 9392, 2020. https://doi.org/10.3390/ijerph17249392

SCHUINSEKEL, Éder O. et al. Logística reversa de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos e seus reflexos ao meio ambiente. URI, RS, 2017.

SILVA, W.B. et al. A importância da logística reversa no âmbito organizacional e suas contribuições com ênfase na responsabilidade ambiental: uma análise bibliográfica. Encontro de Extensão, Docência e Iniciação Científica (EEDIC), v. 6, nov. 2019.

SOUZA, M. C. B. M; MELLO I.S. Resíduos sólidos: coleta seletiva estímulo para o aumento da reciclagem e melhoria de renda dos catadores. Revista Eletrônica Gestão & Saúde, v.6, n.3, 2015. https://doi.org/10.18673/gs.v6i3.22425

TSAI, M. F. et al. Sustainable solid-waste management in coastal and marine tourism cities in Vietnam: A hierarchical-level approach. Resources, Conservation & Recycling 168, 105266, 2021. https://doi.org/10.1016/j.resconrec.2020.105266

WANG, L. E. et al. Exploring the patterns of food waste generation by tourists in a popular destination. Journal of Cleaner Production, n. 279, 123890, 2021. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2020.123890

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

Publicado

2021-10-16

Como Citar

Oliveira, L. P., Mendonça, F. J. S. de F. ., Tavares, F. R. M., Kohlrausch, T. B., & Chaves, J. I. M. (2021). Diagnóstico das práticas de descarte dos resíduos sólidos em comunidades. Revista Produção Online, 21(3), 930–950. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v21i3.4349

Edição

Seção

Encontro Nacional de Engenharia de Produção