Qualidade em serviços públicos de saúde: uma avaliação da estratégia saúde da família

Angela Weber Righi, Alberto Souza Schmidt, Jonas Cardona Venturini

Resumo


Esta pesquisa objetivou avaliar a qualidade da Estratégia Saúde da Família (ESF) através da mensuração da satisfação dos usuários em relação aos serviços prestados, identificando a relação entre esta satisfação e a percepção da qualidade pelos funcionários. Sendo assim, caracteriza-se como um estudo de caso, descritivo e quantitativo, desenvolvido junto a 606 usuários e 39 profissionais pertencentes a cinco unidades da ESF em um município da Região Central do Rio Grande do Sul, através de questionários baseados na Escala SERVQUAL. Como resultado obteve-se uma avaliação negativa da ESF por ambos os atores: usuários mostram-se insatisfeitos e profissionais caracterizam como inaceitável a qualidade dos serviços. Torna-se importante destacar que nenhum ponto foi avaliado como satisfatório ou de qualidade excelente. Este estudo contribuiu para análise e reorganização das práticas utilizadas atualmente pela ESF na prestação de seus serviços, tendo os aspectos aqui identificados como norteadores de ações de melhoria.

Palavras-chave


Avaliação da qualidade em serviços; Escala SERVQUAL; Saúde pública; Estratégia Saúde da Família.

Texto completo:

ARTIGO ♪AUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v10i3.405

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com