Fatores de risco associados à saúde dos dentistas – uma abordagem epidemiológica

Autores

  • Klaus Loges UNISINOS - Universidade do Vale do Rio dos Sinos
  • Fernando Amaral UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.14488/1676-1901.v5i4.378

Palavras-chave:

dentistas, risco, saúde, ergonomia

Resumo

A odontologia é uma profissão que impõe ao seu praticante uma série de fatores capazes de
alterar as condições de trabalho do ponto de vista sócio-psico-fisiológico e organizacional.
Este estudo tem como objetivo contribuir para o entendimento das questões relacionadas ao
trabalho dos cirurgiões-dentistas e suas repercussões sobre sua vida laboral. A metodologia
empregada foi baseada em entrevistas dirigidas, nas quais foram aplicados um questionário
e um exame físico-funcional em cem dentistas (51 mulheres e 49 homens). Os achados
indicaram que tanto homens como mulheres  dentistas apresentaram problemas de origem
músculo-esquelética relacionados ao trabalho  em sedestração. Além disso, apesar de
diferenças no método de coleta dos dados, os resultados deste estudo são compatíveis com a
literatura internacional, onde os dentistas homens referem menos dores e desconforto do que
as mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-07-10

Como Citar

Loges, K., & Amaral, F. (2005). Fatores de risco associados à saúde dos dentistas – uma abordagem epidemiológica. Revista Produção Online, 5(4). https://doi.org/10.14488/1676-1901.v5i4.378

Edição

Seção

Artigos