Utilização de um modelo de programação inteira no dimensionamento de frota de um operador logístico: um estudo de caso

Autores

  • André Andrade Longaray Universidade Federal do Rio Grande - FURG https://orcid.org/0000-0002-2908-9390
  • Rafael Rolim Guerreiro Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Ticiani Gonçalves Chaves Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Paulo Roberto Munhoz Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Vilmar Gonçalves Tondolo Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

DOI:

https://doi.org/10.14488/1676-1901.v21i2.3760

Palavras-chave:

Logística. Dimensionamento de frota. Programação inteira. Terceirização. Transporte.

Resumo

O presente artigo relata o estudo sobre o dimensionamento e planejamento da logística envolvendo decisões em níveis estratégicos e táticos de uma frota heterogênea de caminhões de carga, pertencentes a um operador logístico, que tem sua unidade localizada na Bahia e atende a região nordeste do Brasil. O trabalho tem por objetivo apresentar a utilização de um modelo de programação inteira, que dimensiona o tamanho ideal da frota e define em quais rotas esses veículos devem ser utilizadas, assim como a viabilidade econômica da posse de uma frota própria. Quanto ao delineamento da pesquisa, a mesma se enquadra como um estudo de caso, sendo esse método uma estratégia de pesquisa que busca examinar um fenômeno contemporâneo dentro de seu contexto, sendo utilizada de maneira descritiva. Para chegar à solução do problema, encontrando o dimensionamento ideal da frota, usou-se um modelo algoritmo de programação inteira com o propósito de identificar as características e particularidades da empresa, a fim de minimizar os custos totais de transporte e indicando quais clientes cada caminhão deve atender. O modelo foi testado no espaço de doze meses e os resultados obtidos indicam uma redução média de 59% nos custos totais de transporte quando comparados com os dados reais da empresa estudada

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BANDEIRA, Renata Albergaria de Mello. Fatores de decisão de terceirização logística: análise baseada na percepção dos executivos. Porto Alegre: UFRGS, 2009. 252 f.:il. Tese. (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Administração, Escola de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

BARTH, Mateus Bergesch., MICHEL, Fernando Dutra. Dimensionamento de uma frota de veículos com foco na redução de custos: um estudo de caso. 2012. Disponível em : < http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/65663/000858006.pdf?sequence=1>. Acesso em: 02 maio.2015.

BERTAGLIA, Paulo R. Logística e gerenciamento da cadeia de abastecimento. 2. ed. rev. São Paulo: Saraiva. 2008

CHOPRA, Sunil., MEINDL, Peter. Gerenciamento da cadeia de suprimentos estratégia, planejamento e operação. Tradução de Claudia Freire. São Paulo: Person Prentice Hall, 2003.

COLIN, Emerson Carlos . Pesquisa operacional – 170 aplicações em estratégia, finanças, logística, produção , marketing e vendas . - Rio de Janeiro: LTC, 2007.

FABRÍCIO, Alexandre de Siqueira Figueiredo. , SUBRAMANIAN, Anand. Um modelo de programação inteira para o problema de dimensionamento de frota própria em uma indústria de bebidas. In: XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. 2008. Disponível em: < http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2008_TN_STO_069_492_12104.pdf

FERREIRA FILHO, Hélio Raymundo; SOARES, Délcio Cravo; SILVA, Nayara Cristina Lima da; DOS SANTOS, Nayéslie Cristine Brandão; LIMA JUNIOR, Pedro da Silva; FERREIRA, Aline de Oliveira. A gestão estratégica de frotas como ferramenta para redução de custos logísticos: estudo de caso de uma empresa de transporte de bovinos. Disponível em: < http://www.revistaespacios.com/a15v36n23/15362325.html>. Acesso em: 15 jul. 2019.

LONGARAY, André Andrade. Introdução a pesquisa operacional. – São Paulo: Saraiva, 2013.

MANGUINO, João L.V., RONCONI, Débora P. Problema de roteamento de veículos com frota mista, janelas de tempo e custos escalonados. In: CONGRESSO LATINO-IBEROAMERICANO INVESGACIÓN OPERATIVA. 24. SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL. 28. 2012. Rio de Janeiro. p.1718-1729. Disponível em : < http://www.din.uem.br/~ademir/sbpo/sbpo2012/pdf/arq0305.pdf >. Acesso em: 6 jun.2015.

ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projeto de estágio e de pesquisa em administração. – 3.ed. – São Paulo: Atlas, 2013.

RUSSIANO, Almir Ribeiro. Modelo de Filas para dimensionamento de frota em uma empresa de energia elétrica.2010. Dissertação (mestrado em engenharia de produção) – Universidade Federal de Pernambuco. Pernambuco. Anais eletrônicos. Disponível em: < http://repositorio.ufpe.br/bitstream/handle/123456789/5430/arquivo518_1.pdf?sequence=1&isAllowed=y >. Acesso em: 01 jun.2015.

SILVA, Petronio Borges. Frota própria ou terceirizada: qual a melhor opção para entrega de mercadorias? . 2012. Disponível em: < http://files.petronio.webnode.com/200000009-03f4804f11/ARTIGO%20FROTA%20PR%C3%93PRIA%20E%20A%20TERCEIRIZADA.pdf > acesso em 20 maio 2015.

VALENTE, Amir Matar., NOVAES, Antônio Galvão., PASSAGLIA, Eunice., VIEIRA, Heitor. Gerenciamento de transporte e frotas. -2. ed. – São Paulo: Cengage Learning, 2012.

Publicado

2021-07-16

Como Citar

Longaray, A. A., Guerreiro, R. R., Chaves, T. G., Munhoz, P. R., & Tondolo, V. G. (2021). Utilização de um modelo de programação inteira no dimensionamento de frota de um operador logístico: um estudo de caso. Revista Produção Online, 21(2), 393–414. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v21i2.3760

Edição

Seção

Artigos