A logística reversa no setor farmacêutico

Autores

  • Francielli Moreira Stocher Bacharel em Administração pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa).
  • Mygre Lopes da Silva Professora da Unipampa.
  • Gabriela Cappellari Professora da Unipampa.
  • Paulo Vanderlei Cassanego Junior Professor da Unipampa.

DOI:

https://doi.org/10.14488/1676-1901.v19i3.3607

Palavras-chave:

Logística reversa. Setor farmacêutico. Análise de conteúdo.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar de que forma a logística reversa atua no descarte dos resíduos de duas redes farmacêuticas localizadas na cidade de Santana do Livramento, RS. O embasamento teórico discute a definição de logística, logística reversa, a indústria farmacêutica, o descarte de resíduos farmacêuticos e seus efeitos no meio ambiente. Para tal, emprega-se um estudo de multicasos, por meio de uma pesquisa qualitativa, com dados coletados por entrevistas estruturadas com farmacêuticas das redes Panvel e Preço Mais Popular. A análise dos dados é realizada por meio da análise de conteúdo e a agregação em mapas conceituais. Os resultados apontam que ambas terceirizam o recolhimento e tratamento dos medicamentos, o qual ocorre em outras regiões. Contudo, apenas a rede Panvel possui ponto de coleta, o qual influencia na atração de clientes, tornando-se um diferencial competitivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francielli Moreira Stocher, Bacharel em Administração pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

Bacharel em Administração pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

Mygre Lopes da Silva, Professora da Unipampa.

Doutora em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professora da Unipampa, área Administração da produção.

Gabriela Cappellari, Professora da Unipampa.

Doutoranda em Desenvolvimento Regional pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI). Professora da Unipampa, área Gestão pública.

Paulo Vanderlei Cassanego Junior, Professor da Unipampa.

Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo (USP). Professor da Unipampa, área Gestão Estratégica.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS- ABRELPE. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil 2017. Disponível em: https://belasites.com.br/clientes/abrelpe/site/wp-content/uploads/2018/09/SITE_grappa_panoramaAbrelpe_ago_v4.pdf . Acesso em: 11 nov. 2018.

AMORIM, L. V. et al. Reciclagem de rejeitos da construção civil para uso em argamassas de baixo custo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 3, n. 2, 1999. https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v3n2p222-228

BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeira de suprimentos: planejamento, organização e logística empresarial. Porto Alegre: Bookman, 2006.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BEZERRA, L. C. S.; SILVA, M. S. Sistema de Logística Reversa de pós-venda em uma Loja de Departamento: um estudo de caso em Belém do Pará. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Universidade do Estado do Pará, Castanhal.

BUENO, M. J. C. et al. O uso da logística reversa no descarte de medicamentos vencidos. South American Development Society Journal, v.2, 2016.

CAMPOS, T. Logística reversa: aplicação ao problema das embalagens da CEAGESP. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia) – Universidade de São Paulo, São Paulo.

CHAVES, G. L. D; BATALHA, M. O. Os consumidores valorizam a coleta de embalagens recicláveis? Um estudo de caso da logística reversa em uma rede de hipermercados. Revista Eletrônica Gestão & Produção, v. 13, n. 3, 2006. https://doi.org/10.1590/S0104-530X2006000300006

COLBORN, T.; SAAL, F. S. V; SOTO, A. M. Developmental effects of endocrine-disrupting chemicals in wildlife and humans. Environmental Health Perspectives, n. 101, v. 5, 1993. https://doi.org/10.2307/3431890

DA SILVA, C. C. S. Perfis de saúde e de mortalidade no Brasil: uma análise de seus condicionantes em grupos populacionais específicos. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2002.

DICKEL, P. R. G. et al. Uso da logística reversa para descarte de lâmpadas fluorescentes à luz da PNRS: o caso do Instituto Federal de educação do Rio Grande do Sul. Revista Produção Online, v. 18, n. 1, p. 265-284, 2018. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v18i1.2766

DORNIER, P. P. Logística e operações globais: texto e casos. São Paulo: Atlas, 2000.

FIALHO, B. C.; QUENTAL, C.; GADELHA, C. A. G. Public Roles in the Pharmaceutical Sector. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2001.

FRENKEL, J. et al. Tecnologia e competição na indústria farmacêutica brasileira. Rio de Janeiro: Financiadora de Estudos e Projetos, Centro de Estudos e Pesquisas, 1978.

GADELHA, C. A. G. Biotecnologia em saúde: um estudo da mudança tecnológica na indústria farmacêutica e das perspectivas de seu desenvolvimento no Brasil. 1990. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

GAMBETA, W. R. Ciência e indústria farmacêutica: São Paulo, Primeira República. Estudos Econômicos, v. 12, n. 3, 1982.

GARCIA, M. G. Logística reversa: uma alternativa para reduzir custos e criar valor. In: XIII Simpósio de Engenharia de Produção, 2006, Bauru. Anais [...] Bauru: SIMPEP, 2006.

GUARNIERI, P. Logistica Reversa: em busca do equilíbrio econômico e ambiental. Recife: Editora Clube de Autores, 2011.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA- IBGE. Cidades. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/santana-do-livramento/panorama. Acesso em: 23 jan de 2018.

KORNIS, G. E. M.; BRAGA, M. H.; PAULA, P. A. B. Transformações recentes da indústria farmacêutica: um exame da experiência mundial e brasileira no século XXI. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 24, n. 3, 2014. https://doi.org/10.1590/S0103-73312014000300012

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Editora Atlas, 1996.

LAYRARGUES, P. P. O cinismo da reciclagem: repensando o espaço da cidadania. São Paulo: Cortez, 2002.

LEITE, P. R. Logística reversa: meio ambiente e competi¬tividade. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

LEITE, P. R. Logística reversa e a competitividade empresarial. Revista Tecnologística, São Paulo, 2005.

MEADOWS, D. H. et al. Limites do crescimento. São Paulo: Perspectiva, 1978.

MIGUEZ, E. C.; MENDONÇA, F. M.; VALLE, R. Impactos ambientais, sociais e financeiros de uma política de logística reversa adotada por uma fábrica de televisão – um estudo de caso. Revista Produção Online, edição especial/dez., 2007. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v7i4.54

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE- MMA. Logística Reversa. Disponível em: http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/residuos-perigosos/logistica-reversa. Acesso em: 23 jan. 2018.

MOREIRA, D. Administração da produção e operações. São Paulo: Saraiva, 2012.

MULLER, M. Chemical and biological analysis of endocrine disrupting hormones and estrogenic activity in an advanced sewage treatment plant. Environmental Toxicology and Chemistry, v.27, n. 8, 2008. https://doi.org/10.1897/07-519.1

MUÑOZ, S. I. S. Impacto ambiental na área do aterro sanitário e incinerador de resíduos sólidos de Ribeirão Preto, SP: avaliação dos níveis de metais pesados. 2002. Tese (Doutor em Enfermagem) – Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.

NETO, F. F. S.; CARMO, B. B. T. Proposta de um modelo de coleta para o canal reverso de

pós consumo de papel em um campus universitário baseado na teoria dos grafos. Revista Produção Online, v.13, n. 4, p. 1543-1568, 2013. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v13i4.1526

OLIVEIRA, U. R.; MARINS, F. A. S.; JÚNIOR, J. M. Logística reversa e identificação de produtos: revisão teórica para indústria eletroeletrônica. Revista Produção Online, v. 16, n. 2, p. 633-677, 2016. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v16i2.2049

ORTIZ, A. O uso de medidas de extensão e intensidades no intercâmbio de informações na cadeia de suprimentos do setor farmacêutico brasileiro. 2003. Dissertação (Mestre em Logística) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

PANVEL. Programa destino certo. Acesso em: <https://www.panvel.com/panvel/institucional.do?secao=servicosDestinoCerto>. Acesso em: 24 jan. 2018.

REVERSE LOGISTICS MAGAZINE - RLM. What is reverse logistics? 2006. Disponível em: http://www.rlmagazine.com/edition01p12.php. Acesso em: 28 abr. 2018.

RIBEIRO, E. A. A perspectiva da entrevista na investigação qualitativa. Evidência: olhares e pesquisa em saberes educacionais, v. 4, n. 2, 2008.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

ROCHA, A.; CHRISTENSEN, C. Marketing: teoria e prática no brasil. São Paulo: Atlas, 1999.

ROSSÉS, G. F. et al. Fidelidade em cooperativa agropecuária: um estudo de caso. Revista de Gestão e Organizações Cooperativas, v.2, n. 4, 2015. https://doi.org/10.5902/2359043220111

SANTOS, J. G. A logística reversa como ferramenta para a sustentabilidade: um estudo sobre a importância das cooperativas de reciclagem na gestão dos resíduos sólidos urbanos. Revista Reuna, v.17, n. 2, 2012.

SENADO FEDERAL. Sem vontade política, Brasil recicla apenas 3% do lixo urbano, 2014. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2014/04/23/sem-vontade-politica-brasil-recicla-apenas-3-do-lixo-urbano. Acesso em: 04 maio 2018.

SENADO FEDERAL. O perigo do remédio sem uso na farmacinha de cada casa, 2018. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2016/04/12/o-perigo-do-remedio-sem-uso-na-farmacinha-de-cada-casa. Acesso em: 06 dez 2018.

SEWELL, G. H. Administração e controle da qualidade ambiental. São Paulo: USP, 1978.

SILVA, I. M. Antibióticos beta-lactâmicos e as “superbactérias”. 2017. Dissertação (Mestre em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa.

SILVA, L. A. A.; PIMENTA, H. C. D.; CAMPOS, L. M. S. Logística reversa dos resíduos eletrônicos do setor de informática: realidade, perspectivas e desafios na cidade do Natal-RN. Revista Produção Online, v.13, n. 2, p. 544-576, 2013. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v13i2.1133

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 2007.

SOARES, I; CARNEIRO, A. V. Efeitos de classe de medicamentos: definição e aplicações práticas. Revista Portuguesa de Cardiologia: Cardiologia Baseada na Evidência. Lisboa, v. 21, n. 9, 2002.

SOARES, A.; SILVA, C. G.; MELO, M. S. Logística reversa com ênfase no reuso de embalagens e paletes em uma empresa localizada em Osasco. E-FACEQ: Revista dos discentes da Faculdade Eça de Queirós, v. 2, n. 2, 2013.

SOUZA, B. A. Gestão integrada de resíduos sólidos no município de Santana do

Livramento: uma análise à luz da Lei 12.305/2010. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso ( Tecnólogo em Gestão Pública) - Universidade Federal do Pampa, Santana do Livramento.

SOUZA, S. F. FONSECA, S. U. L. Logística reversa: oportunidades para redução de custos em decorrência da evolução do fator ecológico. Revista 3º Setor, v. 3, n. 1, 2009.

TAUXE-WUERSCH, A. et al. Occurrence of Several Acidic Drugs in Sewage Treatment Plants in Switzerland and Risk Assessment. Water research, v. 39, n. 9, 2005. https://doi.org/10.1016/j.watres.2005.03.003

TAVARES, R. Construindo mapas conceituais. Ciências e Cognição, v.12, 2007.

TENÓRIO , F. A. G.; SILVA , D. E. P.; DACORSO, A. L. R. Inovação e tomada de decisão no processo de logística reversa: uma análise bibliométrica. Revista Produção Online, v. 14, n. 2, p. 593-616, 2014. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v14i2.1434

TOGOLA, A.; BUDZINSKI, H. Multi-residue analysis of pharmaceutical compounds in aqueous samples. Journal of Chromatography A, v. 1177, n. 4, 2008. https://doi.org/10.1016/j.chroma.2007.10.105

VEKIRI, I. What Is the value of graphical displays in learning? Educational psychology review, v. 14, n. 3, 2002. https://doi.org/10.1023/A:1016064429161

VIEIRA, K. N.; SOARES, T. O. R.; SOARES, L. R. A logística reversa do lixo tecnológico: um estudo sobre o projeto de coleta de lâmpadas, pilhas e baterias da Braskem. Revista de Gestão Social e Ambiental, v.3, n. 3, 2009. https://doi.org/10.5773/rgsa.v3i3.180

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2.ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Publicado

2019-09-16

Como Citar

Stocher, F. M., da Silva, M. L., Cappellari, G., & Cassanego Junior, P. V. (2019). A logística reversa no setor farmacêutico. Revista Produção Online, 19(3), 1069–1093. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v19i3.3607

Edição

Seção

Artigos