A TRIDIMENSIONALIDADE DA LINGUAGEM CONTÁBIL NA MENSURAÇÃO DE ATIVOS COM ÊNFASE NA AVALIAÇÃO DO CAPITAL INTELECTUAL

Romualdo Colauto, Ilse Maria Beuren, Enrique Medina

Resumo


O capital intelectual, entendido como a soma do conhecimento de todos os participantes de
uma empresa é um intangível que se enquadra no grupo de ativos de maior complexidade de
entendimento, mensuração e evidenciação. Entretanto, como recurso econômico proeminente
é visto como um elemento importante, dada sua capacidade de geração de benefícios
econômicos futuros para a entidade que o detém, ainda que sua mensuração seja revestida de
complexidade e carente de métodos unanimemente aceitos. Nesse contexto, para que a
contabilidade possa cumprir seu papel de geração de informações ao processo decisório, vem
ao longo do tempo buscando identificar as melhores alternativas para medir economicamente
os recursos que compõem o patrimônio da empresa, no qual se inserem os ativos intangíveis.
Desta forma, o artigo faz uma incursão teórica no processo de mensuração de ativos,
centrando maior atenção nas alternativas relacionadas ao capital intelectual, sobre o enfoque
da tridimensionalidade da linguagem contábil. Nessa perspectiva, o estudo é delineado como
exploratório com abordagem qualitativa. Por meio da investigação bibliográfica buscou-se
contemplar os achados sobre as metodologias de avaliação do capital intelectual sobre o
enfoque semântico. Os resultados da investigação mostram que os ativos possuem diversos
atributos possíveis de serem medidos e, a consideração de mais de um atributo pode ser
relevante para os usuários da informação contábil.

Palavras-chave


Linguagem contábil. Mensuração de ativos. Capital intelectual.

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v5i3.357

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com