Discussão pós implantação das possíveis contribuições da ergonomia no projeto de automatização de linhas de produção

José Adriano Canton, Andréa Regina Martins Fontes, Isaias Torres, Talita Martins Oliveira, Thamiris Linhares Marques

Resumo


No contexto do sistema produtivo em conjunto com princípios da ergonomia este artigo busca discutir como a falta de interação na concepção de projetos contribui para o aparecimento de inadequações no desenvolvimento das tarefas. O objeto de estudo é um projeto de melhoria implementado em uma empresa fabricante de embalagens de fibra celulósica (polpa moldada) para acondicionamento de ovos e frutas localizado no interior do estado de São Paulo. Trata-se de uma pesquisa exploratória de caráter qualitativo explanado em um estudo de caso, no qual foi possível refletir a respeito dos resultados da implementação de um processo de automação de linha. A nova situação trouxe dificuldades para o desenvolvimento da atividade, impactando em novos constrangimentos aos trabalhadores. As análises indicaram que a melhoria foi realizada sem a efetiva participação do usuário e, portanto, careceu de conhecimentos importantes sobre “o fazer” da operação. Concluiu-se que a correlação entre conceitos da Ergonomia com foco na atividade e os requisitos de projeto possibilitariam aos atores envolvidos desenvolverem mudanças mais eficazes, beneficiando o trabalhador e a produção.

Palavras-chave


Ergonomia da atividade. Projeto. Sistema produtivo. Automação.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ARBIX, GLAUCO; MIRANDA, ZIL. Políticas de inovação em nova chave. Estudos Avançados, v. 31, n. 90, p. 49-73, 2017. https://doi.org/10.1590/s0103-40142017.3190004

BRAATZ, D. Suportes de simulação como objetos intermediários para incorporação da perspectiva da atividade na concepção de situações produtivas. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.

BRASIL, M. T. E. Manual de aplicação da Norma Regulamentadora 17. 2002.

CANTON, J. A. Discussão pós implantação das possíveis contribuições da ergonomia no projeto de automatização de linhas de produção. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de São Carlos, Sorocaba, 2015.

CORRÊA, H. L; CORRÊA, C. A. Administração de Produção e Operações: Manufatura e Serviços uma abordagem estratégica. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2017.

DANIELLOU, F. A ergonomia na condução de projetos de concepção de sistemas de trabalho. In: FALZON, P. (Ed.). Ergonomia. São Paulo: Edgard Blücher, 2007. p. 303 – 315.

FERNANDES, F. C. F.; GODINHO, F. M. Definições e conceitos fundamentais. In: __. Planejamento e controle da produção: dos fundamentos ao essencial. 1. Ed. São Paulo: Atlas, 2010, cap. 1, p. 1-16.

FONSECA, B. B.; AGUILERA, M. V. C.; VIDAL, M. C. R. Conceptual design pattern for ergonomic workplaces. Work, v. 41, n. Supplement 1, p. 797-803, 2012. https://doi.org/10.3233/WOR-2012-0243-797

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. Editora: Atlas SA, 2008.

GUÉRIN, F. Compreender o trabalho para transformá-lo: a prática da ergonomia. São Paulo: Edgard Blücher, 2001.

KALKIS, H.; ROJA, Z. Strategic Model for Ergonomics Implementation in Operations Management. Journal of Ergonomics, Canadá, v. 6, 2016. https://doi.org/10.4172/2165-7556.1000173

KRAJEWSKI, L. J.; RITZMAN, L.; MALHOTRA, M. Administração de produção e operações. São Paulo: Pearson Prentice hall, 2009.

LIMA, F.; DUARTE, F. Integrando a ergonomia ao projeto de engenharia: Especificações ergonômicas e configurações de uso. Gestão & Produção, São Carlos, v. 21, n. 4, 2014. https://doi.org/10.1590/0104-530X733-13

MACCARTHY, B. L.; FERNANDES, F. C.: A multidimensional Classification of Production Systems for the Design and Selection of Production Planning and Control Systems. Production Planning & Control, v.11, n.5, 2000. https://doi.org/10.1080/09537280050051988

MALESKI, S.; ROVAI, R. L. Desenvolvimento de projeto de novos produtos com base na triz: estudo de caso na industria automobilística. Revista IPTEC, v. 3, n. 2, p. 197-210, 2015 Disponível em: http://www6.uninove.br/ojs/journaliji/index.php/iptec/article/view/46 Acesso em 26 Jul.2018. https://doi.org/10.5585/iptec.v3i2.46

NEVES, M. Y. R et al. Ação-formação: uma leitura das contribuições da Ergonomia da Atividade. Fractal: Revista de Psicologia, v. 30, n. 2, p. 112-120, 2018. https://doi.org/10.22409/1984-0292/v30i2/5872

RODRIGUES, D. da S. Integração entre ergonomia e projeto: o trabalho do operador de descoqueamento em uma refinaria de petróleo. 2012. 121 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, São Carlos, 2012.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 2009.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

YIN, R. K. Estudo de Caso: planejamento e métodos. Bookman editora, 2015.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v19i4.3425

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com