Aplicação de interfaces inteligentes para flexibilização e otimização na linha de montagem de automóveis: um estudo na planta Anchieta da Volkswagen do Brasil

Ricardo Kenji Oi, Débora Agráz Cutino Nogueira, José Fontebasso Neto, Cláudio Rodrigo Torres, João Inácio da Silva Filho

Resumo


O presente trabalho traz um estudo para a obtenção da flexibilização das linhas de montagem na planta Anchieta da Volkswagen do Brasil. Para a implantação da flexibilização foram utilizadas interfaces inteligentes para controlar restrições e distribuições do mesmo modelo de automóvel em duas linhas produtivas. Foram aplicadas quatro interfaces inteligentes em duas linhas de produção automotivas distintas, onde o modelo Gol precisava ser feito nas duas linhas, obedecendo as restrições técnicas para alguns acabamentos específicos e visando atingir a meta de produção nestas duas linhas. Estas interfaces eram responsáveis em fazer a identificação do produto, analisar as restrições técnicas, assegurar que não existe ordem de produção duplicada e calcular a quantidade no circulante pelo volume entre o ponto de início de montagem até o ponto de escolha de linha. A automação implantada mudou de forma concreta o modo como as pessoas trabalham no dia a dia. Essa implementação foi fundamental para que a empresa conseguisse utilizar as duas linhas de processo de montagem, fazendo o modelo Gol básico, para atender a sua meta de produção diária otimizando seu curso no processo produtivo.


Palavras-chave


Identificação; Restrições; Interface inteligente; Decisão; Flexibilidade

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ARAÚJO, F. J. Aplicação da TOC em uma estrutura hospitalar de grande porte: o uso da metodologia em um processo sistêmico nos serviços de internação. Revista de Gestão em Sistemas de Saúde, v. 2, n. 1, p. 161-180, 2013. DOI: 10.5585/rgss.v2i1.31

BABU, T. R.; RAO, K. S. P.; MAHESHWARAN, C. Application of TOC embedded ILP for increasing throughput of production lines. The International Journal of Advanced Manufacturing Technology, v. 33, n. 7-8, p. 812-818, 2007. DOI: 10.1007/s00170-006-0508-4

CHOU, Y. C.; LU, C. H.; TANG, Y. Y. Identifying inventory problems in the aerospace industry using the theory of constraints. International Journal of Production Research, v. 50, n. 16, p. 4686-4698, 2012. DOI: 10.1080/00207543.2011.631598

COMAN, A.; RONEN, B. Managing strategic and tactical constraints in the hi-tech industry. International Journal of Production Research, v. 45, n. 4, p. 779-788, 2007. DOI: 10.1080/00207540600597237

CORBETT, T. Bússola Financeira: o processo decisório da Teoria das Restrições. São Paulo: Nobel, 2005. ISBN: 9788521313076

COX, J. F.; SPENCER, M. S. Manual da Teoria das Restrições. Porto Alegre: Bookman, 2002. ISBN: 9788573079739

DALCI, I.; KOSAN, L. Theory of constraints thinking-process tools facilitate goal achievement for hotel management: A case study of improving customer satisfaction. Journal of Hospitality Marketing & Management, v. 21, n. 5, p. 541-568, 2012. DOI: 10.1080/19368623.2012.626751

GIACON, E.; MESQUITA, M. A. D. Levantamento das práticas de programação detalhada da produção: um survey na indústria paulista. Gestão & Produção, v. 18, n. 3, p. 487-498, 2011. DOI: 10.1590/S0104-530X2011000300004

GOLDRATT, E. M.; COX, J. A meta: um processo aprimorado contínuo. São Paulo: Nobel. 2002. ISBN: 978-8521318347

GUPTA, M.; SNYDER, D. Comparing TOC with MRP and JIT: a literature review. International Journal of Production Research, v. 47, n. 13, p. 3705-3739, 2009. DOI: 10.1080/00207540701636322

LAMBRECHT, M.; SEGAERT, A. Buffer stock allocation in serial and assembly type of production lines. International Journal of Operations & Production Management, v. 10, n. 2, p.47-61, 1990. DOI: 10.1108/01443579010000736

MABIN, V. J.; BALDERSTONE, S. J. The performance of the theory of constraints methodology: analysis and discussion of successful TOC applications. International Journal of Operations & Production Management, v. 23, n. 6, p. 568-595, 2003. DOI: 10.1108/01443570310476636

NEVES, I. C. B.; BARBOSA, I. C.; DE ARAÚJO, M. P.; DE AZEVEDO, A. A. Aplicação da teoria das restrições em uma indústria de laticínios: um estudo de caso. Revista Produção Online, v. 20, n. 2, 2020. DOI: 10.14488/1676-1901.v20i2.3664

PACHECO, D. A.; ANTUNES JÚNIOR, J. A. V.; LACERDA, D. P.; GOLDMEYER, D. B.; VON GILSA, C. Modelo de gerenciamento da capacidade produtiva: integrando teoria das restrições e o índice de rendimento operacional global (IROG). Revista Produção Online, v. 12, n. 3, p. 806-826, 2012. DOI: 10.14488/1676-1901.v12i3.981

PERGHER, I.; RODRIGUES, L. H.; LACERDA, D. P. Discussão teórica sobre o conceito de perdas do Sistema Toyota de Produção: inserindo a lógica do ganho da Teoria das Restrições. Gestão & Produção, v. 18, n. 4, p. 673-686, 2011. DOI: 10.1590/S0104-530X2011000400001

SABBADINI, F. S.; GONÇALVES, A. A.; DE OLIVEIRA, M. J. F. A aplicação da teoria das restrições (TOC) e da simulação na gestão da capacidade de atendimento em hospital de emergência. Revista Produção Online, v. 6, n. 3, 2006. DOI: 10.14488/1676-1901.v6i3.636

SCHOLZ, L. F. B.; GONÇALVES, A. A., DOS SANTOS, R. F.; SANTOS, N. M. B. F. Custos e rentabilidade em uma indústria de blindagens de veículos: um estudo de caso aplicando-se conceitos da teoria das restrições. In: XIX Congresso Brasileiro de Custos, Bento Gonçalves, p. 1-14, 2012. Disponível em: https://anaiscbc.emnuvens.com.br/anais/article/viewFile/231/231, Acessado em 15/09/2020

SILVA, A. L. E.; DA SILVA, V. C.; KIPPER, L. M.; DE CARVALHO, F. S.; MORAES, J. A. R. Aumento do desempenho fabril sob a luz da Teoria das Restrições: o caso de uma fábrica de colchões. Revista Produção Online, v. 17, n. 1, 2017. DOI: 10.14488/1676-1901.v17i1.2321

SOBREIRO, V. A.; NAGANO, M. S. A review and evaluation on constructive heuristics to optimise product mix based on the Theory of Constraints. International Journal of Production Research, v. 50, n. 20, p. 5936-5948, 2012. DOI: 10.1080/00207543.2011.638940

SOUZA, F. B. Do OPT à Teoria das Restrições: avanços e mitos. Production, v. 15, n. 2, p. 184-197, 2005. DOI: 10.1590/S0103-65132005000200005

SPECTOR, Y. Theory of constraint methodology where the constraint is the business model. International Journal of Production Research, v. 49, n. 11, p. 3387-3394, 2011. DOI: 10.1080/00207541003801283

SPENCER, M. S.; COX, J. F. Optimum production technology (OPT) and the theory of constraints (TOC): analysis and genealogy. The International Journal of Production Research, v. 33, n. 6, p. 1495-1504, 1995. DOI: 10.1080/00207549508930224

TORRES, F. G.; COSTA, H. G. Teoria Das Restrições (TOC): caso de aplicação em uma empresa de confecção. Revista Gestão Industrial, v. 9, n. 2, 2013. DOI: 10.3895/S1808-04482013000200008

TRIANA, V. K. O.; ROLÓN, Á. J. C. Programación óptima de la producción en una pequeña empresa de calzado en Colombia. Ingeniería Industrial, v. 35, n. 2, p. 114-130, 2014. Disponível em: http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1815-59362014000200002

Acesso em 15/09/2020

VOTTO, R. G.; FERNANDES, F. C. F. Produção enxuta e teoria das restrições: proposta de um método para implantação conjunta na Indústria de Bens de Capital sob Encomenda. Gestão & Produção, v. 21, n. 1, p. 45-63, 2014. DOI: 10.1590/S0104-530X2013005000009.

WATSON, K. J.; PATTI, A. A comparison of JIT and TOC buffering philosophies on system performance with unplanned machine downtime. International Journal of Production Research, v. 46, n. 7, p. 1869-1885, 2008. DOI: 10.1080/00207540600972943




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v20i3.3368

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com