Previsão de demanda: simulação em uma empresa do segmento de artigos para dança, fitness, natação e sportswear

Tamires Mazaro Candeias, Andréia de Menezes Olivo, Felipe Kesrouani Lemos

Resumo


A indústria de moda esportiva demonstra ser um mercado promissor com um grande potencial de crescimento. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo identificar o método de previsão de demanda mais adequado as famílias de produtos de uma empresa do segmento de artigos para dança, fitness, natação e sportswear. O estudo considerou a Média Simples, Média Móvel, Suavização Exponencial, Suavização Exponencial com Tendência – Método de Holt e Suavização Exponencial com Tendência e Sazonalidade – Método de Holt-Winters, para simulação da previsão de demanda, por meio de planilhas eletrônicas com auxílio de codificação em linguagem VBA. Os resultados mostram que as previsões apresentaram o menor erro absoluto percentual médio (MAPE) por meio da simulação em Suavização Exponencial com Tendência e Sazonalidade - Método de Holt-Winters, devido sua maior sensibilidade as características da demanda, sendo o segundo melhor método observado na maioria das famílias de produtos a Suavização Exponencial com Tendência - Método de Holt e a Média Simples o método que apresentou os piores índices de previsão, com grande percentual de erro.


Palavras-chave


Previsão de Demanda. Métodos Quantitativos. Planejamento, Programação e Controle da Produção.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ACADEMIAS. Relatório Global IHRSA: Fitness cresce no mundo e Brasil ainda sofre com a crise econômica. Revista ACAD Brasil. 2017. Disponível em: http://download.ihrsa.org/brasil/MATERIA_DE_CAPA_DIRETO.pdf.

ALBERTIN, M. R.; PONTES, H. L. J. Administração da produção e operações. Curitiba: InterSaberes, 2016.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos/logística empresarial. Tradução de Raul Rubenich. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

CHASE, R. B; JACOBS, F. R.; AQUILANO, N. J. Administração da produção e operações para vantagens competitivas. Tradução de Cláudia Freire, Lucas Marcelo Ferretti Yassumura e Monica Rosali Rosemberg.11. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2006.

CHOPRA, S. MEINDL, P. Gestão da cadeia de suprimentos: estratégia, planejamento e operação. Tradução de Sérgio Nascimento. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2016.

CORRÊA, H. L.; GIANESI, I. G. N.; CAON, M. Planejamento, programação e controle da produção: MRP II/ERP: conceitos, uso e implantação: base para SAP, Oracle Applications e outros softwares integrados de gestão. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

DA CUNHA, L. B. As roupas esportivas em Revista na cidade de Belo Horizonte (1929 – 1950). 2011. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/275049.

DE SOUZA, A. A. A importância do planejamento, programação e controle da produção no mercado atual como ferramenta estratégica empresarial. 2012. Disponível em : http://www.avm.edu.br/docpdf/monografias_publicadas/K219306.pdf.

FENERICH, F.C. Administração dos sistemas de operações. Curitiba: InterSaberes, 2016.

GONÇALVES, P. C. Logística e cadeia de suprimentos: o essencial. Barueri: Manole, 2013.

KRAJEWSKI, L.; RITZMAN, L.; MALHOTRA, M. Administração de produção e operações. 8. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

LEMOS, F. de O. Metodologia para seleção de método de previsão de demanda. 2006. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/5949.

MARTINS, R. A. Abordagens quantitativa e qualitativa. In: MIGUEL, C. P. M. Metodologia de Pesquisa em Engenharia de Produção. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier: ABEPRO, 2012.

MESQUITA, M. A. Previsão de demanda. In: LUSTOSA, Leonardo J. Planejamento e controle da produção. São Paulo: Elsevier, 2008.

MOREIRA, D. A. Administração da produção e operações. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

PARANHOS FILHO, M. Gestão da produção industrial. Curitiba: InterSaberes, 2012.

RITZMAN, L.P.; KRAJEWSKI, L. J. Administração da produção e operações. Tradução de Roberto Galman. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2004.

SEBRAE. Prática de esportes aumenta ritmo do comércio de calçados e produtos esportivos. 2014. Disponível em: http://www.sebraemercados.com.br/pratica-de-esportes-aumenta-ritmo-do-comercio-de-calcados-e-produtos-esportivos/.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v20i1.3343

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com