A verticalização das operações logísticas de um grupo do setor sucroenergético

Rodrigo Duarte Soliani, Ana Rita Tiradentes Terra Argoud

Resumo


Fazer ou comprar é uma decisão importante para os executivos na hora de compor a estratégia de crescimento de uma organização. Os limites horizontais e verticais são fatores fundamentais a serem considerados. O objetivo principal deste estudo é compreender a verticalização no agronegócio, com foco nas operações logísticas de escoamento da produção de açúcar, enfatizando o processo de fusão entre uma empresa logística pertencente a um grupo sucroenergético, com a maior companhia ferroviária em extensão de malha no país. Para tanto, utilizou-se da metodologia de pesquisa caracterizada como exploratória, qualitativa e estudo de caso. Essa pesquisa possibilitou concluir que a Cosan aplicou a estratégia de verticalização fundada na Visão Baseada em Recursos; a fusão, entre e a Rumo e a ALL, gerou a maior empresa de operações logística do Brasil; o processo de fusão repercutiu não somente no setor sucroenergético, mas também no setor de grãos; a Cosan vem realizando investimentos de melhoria da infraestrutura com o intuito de ampliar a malha ferroviária e solucionar os gargalos, tendo como consequência a elevação da eficiência e redução dos custos operacionais, que resultaram, na comparação com 2016, no crescimento do EBITDA em 36%; aumento de 28% no volume total transportado; melhora de 4% no indicador do custo variável ferroviário unitário; e ganho de 9% no indicador do consumo de Diesel.


Palavras-chave


Estratégia de crescimento. Ferrovia. Fusão. Logística.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA. Relatório anual 2013. Curitiba: ALL, 2014. Disponível em: http://relatoweb.com.br/all/quem_somos.php . Acesso em: 27 jan. 2018.

ARAÚJO, M. J. Fundamentos de agronegócio. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

BERTÁGLIA, P. R. Logística e gerenciamento da cadeia de abastecimento. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2016.

BRASIL, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Infraestrutura e logística. 2017. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/politica-agricola/infraestrutura-e-logistica/infraestrutura-e-logistica . Acesso em: 21 jan. 2018.

CALLADO, A. A. C.; CALLADO, A. L. C. Sistemas Agroindustriais. In. CALLADO, A. A. C.; CALLADO, A. L. C (Org.). Agronegócio. 4. ed. São Paulo: Atlas. 2015. p. 1-21.

COSAN S. A. Quem somos: excelência em energia e logística, São Paulo, 25 jan. 2018a.

Disponível em: http://cosan.com.br/pt-br/cosan/quem-somos . Acesso em: 25 jan. 2018.

COSAN S. A. Raízen: destaque em energia, São Paulo, 26 jan. 2018b. Disponível em: http://cosan.com.br/pt-br/negocios/energia/raizen. Acesso em: 26 jan. 2018.

FREITAS, T. Empresas exportadoras de grãos tentam restringir fusão na logística. Folha de S. Paulo, São Paulo, 10 fev. 2015. Mercado. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/02/1587687-empresas-exportadoras-de-graos-tentam-restringir-fusao-na-logistica.shtml . Acesso em: 21 jan. 2018.

FREITAS, J. de; ANDRADE, L.; BORDEAUX-REGO, R. Crescimento orgânico: uma análise da estratégia de expansão das lojas americanas. In: CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO. Anais... Rio de Janeiro: CNEG & INOVARSE, 2015.

GARCIA, J. R.; LIMA, D. A. L. L.; VIEIRA, A. C. P. A nova configuração da estrutura produti-va do setor sucroenergético brasileiro: panorama e perspectivas. Revista de Econonia Con-temporânea, Rio de Janeiro, v. 19, n. 1, p. 162-184, jan./abr. 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/198055271917

LEITE, A. A. V.; AGNOLIN, C. T.; CARVALHO, C. E. Fusão entre ALL – América Latina Logística e Rumo Logística Operadora Multimodal: uma análise a partir da visão baseada em recursos. Revista Inteligência Competitiva, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 91-128, jan./mar. 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.24883%2Fric.v7i1.208

MOBUS, S. Verticalização e terceirização das atividades logísticas: estudo de casos múltiplos no setor químico. 2012. 120f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

MOBUS, S.; MAÇADA, A. C. G. Verticalização e terceirização das atividades logísticas: es-tudo de casos múltiplos no setor químico. In: ENCONTRO DA ANPAD,37., 2013. Anais… Rio de Janeiro, 7 a 11 de setembro de 2013.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e téc-nicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo, RS: FEEVALE, 2013.

RIOS, C. Setor de grãos quer barrar a fusão da ALL com a Rumo. Gazeta do Povo, São Paulo, 20 mar. 2014. Transporte. Disponível em: http://www.gazetadopovo.com.br/economia/setor-de-graos-quer-barrar-fusao-da-all-com-a-rumo-1zk8wr9iga8tk1shmvw45bxhq . Acesso em: 21 jan. 2018.

RITZMAN, L. P.; KRAJEWSKI, L. J. Administração da produção e operações. 8. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

RUMO. Formulário de referência – 2016. Rumo Logística Operadora Multimodal S. A. Curi-tiba: RUMO, 2016a.

RUMO. Ferrovia e o agronegócio: reunião da câmara temática de infraestrutura e logística – CTLOG. Curitiba: RUMO, 2016b. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/camaras-setoriais-tematicas/documentos/camaras-tematicas/infraestrutura-e-logistica/anos-anteriores/a-ferrovia-e-o-agronegocio-rumo-51.pdf. Acesso em: 21 jan. 2018.

RUMO. Relatório de Resultados 4T17. Curitiba, 2017. Disponível em: http://ri.rumolog.com/ptb/9201/02.03.2018ReleaseVF_PORTVF.pdf . Acesso em: 23 jan. 2018.

RUMO. A empresa. Curitiba, 26 jan. 2018. Disponível em: http://pt.rumolog.com/conteudo_pti.asp?idioma=0&tipo=27307&conta=45 . Acesso em: 26 jan. 2018.

RYDLEWSKI, C. Os segredos da fusão Rumo-ALL. Revista Época Negócios, Porto Alegre, RS, 2014. Disponível em: https://epocanegocios.globo.com/Informacao/Resultados/noticia/2014/08/os-segredos-da-fusao-rumo-all.html . Acesso em: 26 jan. 2018.

UNIÃO DA INDÚSTRIA DE CANA-DE-AÇÚCAR – UNICA; CENTRO NACIONAL DAS INDÚSTRIAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO E BIOCOMBUSTÍVEIS – CEISE Br. Setor sucroenergético no Brasil: uma visão para 2030. São Paulo, 2016. Disponível em: http://www.mme.gov.br/documents/10584/7948692/UNICA-CEISE_Setor+Sucroenerg%C3%A9tico+no+Brasil_Uma+Vis%C3%A3o+para+2030.pdf/80da9580-60c7-4f53-afaf-030ad01f3ebf;jsessionid=AC802B166C93389BED1AB445EAB7CD10.srv155 . Acesso em: 26 jan. 2018

UNIÃO DA INDÚSTRIA DE CANA-DE-AÇÚCAR - UNICA. Relatório final da safra 2016/2017 – Região Centro-Sul. São Paulo, 2017a. Disponível em: http://www.unicadata.com.br/listagem.php?idMn=95 . Acesso em: 21 jan. 2018.

UNIÃO DA INDÚSTRIA DE CANA-DE-AÇÚCAR - UNICA. Etanol já evitou a emissão de 408,4 milhões de toneladas de co2 desde 2003. 2017b. Disponível em: http://www.unica.com.br/noticia/39864125920332180623/etanol-ja-evitou-a-emissao-de-408-por-cento2C4-milhoes-de-toneladas-de-co2-desde-2003/ . Acesso em: 26 jan. 2018.

VIAN, C. E. F.; MARIN, F. R. Árvore do conhecimento cana-de-açúcar. Campinas, SP: EMBRAPA, 2017.

VINHAS, H. A Verticalização como ferramenta de crescimento e redução de custo. Revista. Lagos, Volta Redonda, RJ, v. 8, n. 2, p. 39-49, jul./dez. 2017. Disponível em: http://www.revistalagos.uff.br/index.php/lagos/article/view/272 . Acesso em: 24 jan. 2018.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v19i2.3306

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com