O USO DA TAXA DO BDI (BONIFICAÇÕES E DESPESAS INDIRETAS) PARA A VERIFICAÇÃO DA EXEQÜIBILIDADE DOS PREÇOS DAS OBRAS PÚBLICAS

Autores

  • Eudes Toscano Júnior Controladoria Geral do Estado da Paraíba
  • Guilherme Cavalcanti UFPB - Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.14488/1676-1901.v5i1.328

Palavras-chave:

BDI, licitação, obras públicas

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a exeqüibilidade dos preços das obras públicas, através da utilização da taxa
do BDI  - Bonificações e Despesas Indiretas  - incremento percentual aplicado aos custos dos serviços de
engenharia para a formatação de seus preços. A pesquisa procurou comparar os percentuais dos componentes do
BDI de algumas obras licitadas  pela Secretaria de Educação e Cultura do Estado da Paraíba, com os seus
respectivos valores recomendados pela legislação aplicável e literatura especializada sobre o tema, a fim de
levantar a hipótese de que os acréscimos e rescisões contratuais observados nos dados da pesquisa têm estreita
relação com a imperfeita composição da taxa do BDI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16-06-2005

Como Citar

Toscano Júnior, E., & Cavalcanti, G. (2005). O USO DA TAXA DO BDI (BONIFICAÇÕES E DESPESAS INDIRETAS) PARA A VERIFICAÇÃO DA EXEQÜIBILIDADE DOS PREÇOS DAS OBRAS PÚBLICAS. Revista Produção Online, 5(1). https://doi.org/10.14488/1676-1901.v5i1.328

Edição

Seção

Artigos