Uma análise da gestão operacional em uma multinacional de argamassas industrializadas sob a ótica dos princípios lean manufacturing

Miriam Ercelita Barbosa, Marcelo Sales Ferreira

Resumo


Este trabalho tem como objetivo principal analisar o sistema de gestão de operações de uma empresa de argamassas industrializadas, com múltiplas unidades fabris, sob a ótica da aplicação dos princípios Lean Manufacturing. Pretende-se compreender como esses controles estão implantados e se um diagnóstico baseado na estratégia de gestão é capaz de demonstrar oportunidades de melhoria na gestão de setup de produção; manutenção produtiva total; produção puxada e fluxo continuo; integração da cadeia de suprimentos; gerenciamento visual; controle de qualidade; operações padronizadas; melhoria continua e flexibilização de mão de obra. Assim, para o esse trabalho, a metodologia utilizada foi de caráter descritivo através do estudo de caso, utilizando para coleta e tratamento dos dados questionários aplicados aos gestores das unidades fabris, análise documental, observação participativa da pesquisadora e entrevistas com os gestores regionais. O resultado da pesquisa evidenciou os pontos com oportunidades de melhoria e também unidades fabris com melhores práticas na gestão de operações, que podem ser referências para as demais unidades.

Palavras-chave


Lean Manufacturing. Gestão de Operações. Just in Time. Operações Padronizadas.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


BOGADO, J. G.M.; HUG, V.P.; JUNGLES, A. E. (2009). Capacitación en obra para obtener la polivalencia de los operarios y verificación de sus efectos en la construcción civil. Revista Ingeniería de Construcción, v. 24, n. 3, p. 285-309. Disponível em: https://dx.doi.org/10.4067/S0718-50732009000300006. Acesso em: 29 maio 2017.

CARVALHOSA, M.M.F. Proposta de desenvolvimento de um índice em contextos or-ganizados: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão Industrial, Universidade da Beira Interior. Covilhã. Portugal, 2012.

CIRINO, S. R. A. et al. Sistema de Produção Enxuta: analisando as práticas adotadas em uma indústria têxtil paraibana. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MANUTENÇÃO E GESTÃO DE ATIVOS. 28., 2013. Anais... Bauru, Ano 8, nº 1, 2013. Disponível em: http://www.abraman.org.br/Arquivos/403/403.pdf. Acesso em: 29 maio 2017.

DENNIS, P. Produção simplificada: um guia para entender o sistema de produção mais poderoso do mundo. 2. ed. Porto Alegre, RS: Bookman, 2008.

LEAN INSTITUTE BRASIL. Institucional. Disponível em: http://www.lean.org.br/o-que-e-lean.aspx. Recuperado em 29 de maio de 2017

LIKER, J. K. O modelo Toyota: 14 princípios de gestão do maior fabricante do mundo. Lene Belon Ribeiro (trad.) Porto Alegre: Bookman, 2005.

MARTINS, G.; LAUGENI, F. F. Administração de produção. 8. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

MARTINS, P.G.; ALT, P. R. C. Administração de materiais e recursos patrimoniais. São Paulo: Saraiva, 2009.

NISHIDA, L. Logística: conceitos básicos [versão eletrônica]. Lean Institute Brasil. Disponível em: http://www..org.br/artigos/41/logistica--conceitos-basicos.aspx. Acesso em: 05 maio 2016.

ROESCH, S.M. A. Projeto de estagio e pesquisa em administração: guia para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudo de casos. Grace Vieira Becker, Maria Ivone de Mello (colaboradoras). (3ª edição). São Paulo. Atlas. 2010

SANTOS, L. C. et al. Identificação e Avaliação de Práticas de Produção Enxuta em Empre-sas Calçadistas do Estado da Paraíba. Revista Produção Online, Florianópolis/SC, v. 17, n. 1, p. 176-199, jan./mar. 2017. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v17i1.2403

SAURIN, T.A.; FERREIRA, C. F. Avaliação qualitativa da implantação de práticas da produ-ção enxuta: estudo de caso em uma fábrica de máquinas agrícolas. Gestão &. Produ-ção, São Carlos, v. 15, n. 3, p. 449-462, 2008. https://doi.org/10.1590/S0104-530X2008000300003

SHARMA, A.; GARY, H. O antidoto. 8. ed. São Paulo: Financial Time Prentice Hall. 2007

SILVA, A.M. Avaliação das práticas de Produção Enxuta numa Empresa de Produtos Farmaceuticos. XXIX Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil, 2009.

Sindicato Nacional das Industrias de Cimento (2017). Resultados Preliminares 2016.Disponível em: http://www.snic.org.br/pdfresultado/Resultados%20Preliminares%20Dezembro%202016%20v2.pdf. Acesso em; 29 de maio 2017.

SIQUEIRA, J. O sistema de custos como instrumento de apoio ao processo decisório: um estudo multicaso em indústrias do setor metal mecânico da região noroeste do estado do rio grande do sul. Dissertação (Mestrado) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, Ijuí, Brasil, 2005.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração de produção. São Paulo. Atlas, 2002.

TEIXEIRA, E.S.M. Graus de maturidade da cultura do polo meta mecânico do nordeste de Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Programa de Pós-Graduação do Instituto Superior Tupy.Joinville, SC, Brasil. 2012

TORTORELLA, G. L.; FETTERMANN, D.; ANZANELLO; M. Implementação da Manufatura Enxuta e os Comportamentos das Lideranças: Uma Pesquisa Exploratória Lean Manufactu-ring. Revista Produção Online. Florianópolis/SC, v.17, n. 3, p. 857-882, 2017. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v17i3.2675

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 14. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

WOMACK, J. P.; JONES, D. T.; ROOS, D. A máquina que mudou o mundo. Rio de Janei-ro: Campus, 1992.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v19i2.3210

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com