Análise do processo produtivo e capacidade operacional de uma organização de coleta seletiva de resíduos sólidos – estudo de caso asnov garanhuns

Ingrid Saiala Cavalcante de Souza Feitosa, Gilson Lima da Silva

Resumo


Gerenciar adequadamente um processo produtivo é determinante para alcançar os objetivos organizacionais, porém a ausência de conhecimento técnico torna essa gestão desafiadora e leva a resultados aquém do que a organização poderia obter. Associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis, bastante relevantes na implantação da gestão integrada de resíduos, através da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), contam, na maior parte das vezes, com um gerenciamento incipiente de seus processos e atividades. Nesse sentido, propôs-se a análise do processo produtivo de uma organização de coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis e reutilizáveis, enfocando sua capacidade de absorver o volume gerado desses resíduos em sua área de atuação. Utilizou-se de questionário semiestruturado e entrevistas, construindo-se o fluxograma do processo, e de mensurações da capacidade operacional da produção. Os resultados obtidos, da organização atuante no município de Garanhuns, Pernambuco, a única a realizar coleta seletiva na cidade, demonstraram sua capacidade operacional de absorver os resíduos recicláveis e reutilizáveis gerados no município. O processo produtivo é apresentado em detalhes e sua capacidade de absorção dos resíduos ainda que pequena, contribui inegavelmente para a redução do volume considerável de resíduos destinados a aterros.

Palavras-chave


Coleta Seletiva. Resíduos sólidos urbanos. Catadores. Processo produtivo. Capacidade.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


AKSIN, O.Zeynep et al. Flexibility Structure and Capacity Design with Human Resource Considerations. Production And Operations Management, [s.l.], v. 24, n. 7, p.1086-1100, 26 jan. 2015.

ALENCAR, Bertrand Sampaio de. Emergência de novos atores no desenvolvimento sustentável: a contribuição dos catadores de materiais recicláveis no Brasil. 2008. 262 f. Tese (Doutorado) - Curso de Pós-graduação Desenvolvimento Urbano, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.

ALENCAR, Bertrand Sampaio de; SANTOS, Romenia Maria Moura. Avaliação do Modelo de Coleta Seletiva no Município de Garanhuns/PE, Brasil. In: ENCONTRO PERNAMBUCANO DE RESÍDUOS SÓLIDOS, 2. 2013, Recife. Anais. Recife: UFRPE, 2013.

ALMEIDA, Rodrigo Pessotto; ROMANZINI, Fernanda; WERNER, Liane. Planejamento da capacidade de produção na indústria plástica: uma abordagem baseada em previsão de demanda e níveis de capacidade. Revista Produção Online, [s.l.], v. 16, n. 3, p.1033-1057, 15 set. 2016.

ANTUNES, Junico et al. Sistemas de Produção: Conceitos e práticas para projeto e gestão da produção enxuta. Porto Alegre: Bookman, 2008.

AQUINO, Israel Fernandes de; CASTILHO JUNIOR, Armando Borges de; PIRES, Thyrza Schlichting de Lorenzi. A organização em rede dos catadores de materiais recicláveis na cadeia produtiva reversa de pós-consumo da região da grande Florianópolis: uma alternativa de agregação de valor. Gestão & Produção, São Carlos, v. 1, n. 16, p.15-24, jan-mar. 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS – ABRELPE. Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2016. 14. ed. São Paulo: Abrelpe, 2016. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2017.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS – ABRELPE. Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2014. 12. ed. São Paulo, 2014. Disponível em: http://www.abrelpe.org.br/Panorama/panorama2014.pdf . Acesso em: 25 ago. 2016.

BARNES, Ralph Mosser. Estudo de movimentos e de tempos: projeto e medida do trabalho. 6. ed. São Paulo: Edgard Blücher Ltda, 1977.

BRASIL. Governo Federal. Ministério do Meio Ambiente. PLANO NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS: Versão Preliminar para Consulta Pública. Brasília, 2011. Disponível em: http://www.mma.gov.br/estruturas/253/_publicacao/253_publicacao02022012041757.pdf . Acesso em: 13 ago. 2016.

BRASIL, Lei 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998 e dá outras providências. Lex: coletânea de legislação e jurisprudência: legislação federal e marginalia, São Paulo, v. 74, p. 950-971, ago. 2010.

BUQUE, Lina Ivette Bartolomeu; RIBEIRO, Helena. Panorama da coleta seletiva com catadores no município de Maputo, Moçambique: desafıos e perspectivas. Saúde e Sociedade, [s.l.], v. 24, n. 1, p.298-307, mar. 2015.

COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA RECICLAGEM – CEMPRE (Brasil). CEMPRE Review 2015. São Paulo: Cempre, 2015.

GOMES, Aline Pimentel et al. Diagnóstico do processo de coleta e comercialização de recicláveis realizado por catadores na cidade de Passo Fundo/RS (BRASIL). Holos Environment, [s. L.], v. 12, n. 2, p.201-214, jan. 2012.

GOOGLE MAPS. [Mapa Pernambuco e Garanhuns]. 2016. Disponível em: https://www.google.com.br/maps/place/Pernambuco/@-8.3661457,-40.3277002,7z/data=!3m1!4b1!4m5!3m4!1s0x7007c9d931c86c5:0x1de0196a93401726!8m2!3d-8.8137173!4d-36.95410 . Acesso em: 22 ago. 2016.

GUTIERREZ, Rafaela Francisconi; ZANIN, Maria. A relação entre tecnologias sociais e economia solidária: um estudo de caso em uma cooperativa de catadores de resíduos. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, [s.l.], v. 1, n. 1, p.129-148, 1 abr. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. IBGE Cidades. 2016. Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=260600&search=pernambuco|garanhuns. Acesso em: 13 ago. 2016.

JIANG, Yabing; SEIDMANN, Abraham. Capacity planning and performance contracting for service facilities. Decision Support Systems, [s.l.], v. 58, p.31-42, fev. 2014.

LEE, Chia-yen. Most productive scale size versus demand fulfillment: A solution to the capacity dilemma. European Journal of Operational Research, [s.l.], v. 248, n. 3, p.954-962, fev. 2016.

LIMA, Rosimeire Suzuki; SILVA, Sandra Márcia Cesário Pereira. Evaluation of a municipal program of selective collection in the context of the national policy of solid waste. Acta Scientiarum. Technology, [s.l.], v. 35, n. 4, p.645-653, 7 out. 2013.

MARCONDES, Celso Alexandre. A coleta Seletiva na cidade de Porto Alegre: uma visão sobre meio ambiente, economia e renda dos catadores. 2012. 89 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-graduação da Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de Pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MARQUES, Jerusa Gomes; SANTOS, Rosana Lopes dos. Analise do programa coleta seletiva com inclusão social e produtiva dos catadores. In: ENCONTRO INTERNACIONAL E

NACIONAL DE POLÍTICA SOCIAL, 4. 2016, Vitória. Anais. Vitória: UFES, 2016.

MEDINA, Martin. Scavenger cooperatives in Asia and Latin America. Resources, Conservation And Recycling. [s. L.], p. 51-69. maio 2000.

MOREIRA, Daniel Augusto. Administração da produção e Operações. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

MUNHOZ, José Renato; MORABITO, Reinaldo. Uma abordagem de otimização robusta no planejamento agregado de produção na indústria cítrica. Produção, [s.l.], v. 23, n. 2, p.422-435, jun. 2013.

OLHAGER, Jan; JOHANSSON, Pontus. Linking long-term capacity management for manufacturing and service operations. Journal of Engineering and Technology Management, [s.l.], v. 29, n. 1, p.22-33, jan. 2012.

OLIVEIRA, Thais Brito de; GALVÃO JUNIOR, Alceu de Castro. Planejamento municipal na gestão dos resíduos sólidos urbanos e na organização da coleta seletiva. Engenharia Sanitária e Ambiental, [s.l.], v. 21, n. 1, p.55-64, mar. 2016.

PACHECO, Diego Augusto de Jesus et al. Modelo de gerenciamento da capacidade produtiva: Integrando Teoria das Restrições e o índice de rendimento operacional global (IROG). Produção Online, Florianópolis, v. 12, n. 3, p.806-826, jul. 2012. DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v12i3.981

PAIVA, Ely Laureano; CARVALHO JUNIOR, José Mário de; FENSTERSEIFER, Jaime Evaldo. Estratégia de Produção e de Operações: Conceitos, melhores práticas, visão de futuro. Porto Alegre: Bookman, 2004.

PEINADO, Jurandir; GRAEML, Alexandre Reis. Administração da produção: operações industriais e de serviços. Curitiba: Unicenp, 2007.

PERGHER, Isaac; VACCARO, Guilherme Luís; PRADELLA, Maricelse. Aplicação da simulação computacional para determinar a capacidade produtiva do processo de produção de pães: um estudo de caso. Produto & Produção, [s.l.], v. 14, n. 1, p.22-39, fev. 2013.

PERNAMBUCO. Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade - Semas. Governo do Estado de Pernambuco. Plano Estadual de Resíduos Sólidos. Recife: Governo do Estado de Pernambuco, 2012.

PERNAMBUCO. Lei nº 14.236, de 13 de dezembro de 2010. Dispõe sobre a Política Estadual de Resíduos Sólidos, e dá outras providências. Recife, PE, 2010.

ROSA, Gilson et al. Reorganizing the layout as a production optimization strategy. Revista Gestão da Produção, Operações e Sistemas, [s.l.], v. 9, n. 2, p.139-154, 5 jul. 2014.

SILVA, Talita Floriano Goulart da; LEITE, Maria Silene Alexandre. A influência da gestão da capacidade na determinação do custo unitário de produção: um estudo de caso em uma empresa de embalagens plásticas flexíveis. Produção Online, Florianópolis, v. 13, n. 3, p.915-944, jul. 2013. DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v13i3.1233

SLACK, Nigel et al. Gerenciamento de operações e processos: Princípios e práticas de impacto estratégico. Porto Alegre: Bookman, 2008.

SLACK, Nigel; CHAMBERS, Stuart; JOHNSTON, Robert. Administração da produção. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

SOARES, Erika Leite de Souza Ferreira. Estudo da Caracterização Gravimétrica e Poder Calorífico dos Resíduos Sólidos Urbanos. 2011. 133 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

SOARES, João Pedro Castelo-branco. Planeamento e aumento da capacidade de produção de rolhas técnicas e aglomeradas. 2010. 54 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado Integrado em Engenharia Industrial e Gestão, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Porto, 2010. Disponível em: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/58221 . Acesso em: 14 set. 2016.

SOUZA, Fernanda Siqueira; PEDRINI, Danilo Cuzzuol; CATEN, Carla Schwengber Ten. Proposta de fluxograma orientativo para aplicação de índices de capacidade. Gest. Prod., [s.l.], v. 21, n. 4, p.882-894, dez. 2014.

SOUZA, Tiago Augusto Amarante de et al. Computational simulation and lean thinking as tools of process management: an assessment of different alternatives to increase capacity in a manufacturing company of aluminum electrical cables. Revista Gestão da Produção, Operações e Sistemas, [s.l.], v. 9, n. 4, p.125-138, 4 dez. 2014.

STAUDT, Francielly Hedler; COELHO, Antonio Sérgio; GONÇALVES, Mirian Buss. Determinação da capacidade real necessária de um processo produtivo utilizando cadeia de Markov. Produção, [s.l.], v. 21, n. 4, p.634-644, 2011.

WILSON, David C.; VELIS, Costas; CHEESEMAN, Chris. Role of informal sector recycling in waste management in developing countries. Habitat International, [s.l.], v. 30, n. 4, p.797-808, dez. 2006.

XIE, Wenming et al. Capacity planning and allocation with multi-channel distribution. International Journal Of Production Economics, [s.l.], v. 147, p.108-116, jan. 2014.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v18i4.2945

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com