Atrasos na execução das obras públicas: estudo em uma instituição federal de ensino superior

Iliane Colpo, Andreas Dittmar Weise, Flaviani Souto Bolzan Medeiros, Mauri Leodir Lobler

Resumo


A teoria da "nova" administração pública traz em seu âmago a eficiência dos processos, contudo, a aplicação na prática desse princípio tem sido questionada pela sociedade, especialmente frente ao montante das cifras gastas para a conclusão de obras públicas. A falta de planejamento, alterações em projetos, desvios de recursos e o retrabalho tem sido citado como algumas variáveis que contribuem para essa situação. Nesse sentido, este artigo tem por objetivo analisar os contratos de obras de uma Universidade Federal, do período de 2010 a 2014, a fim de identificar o tempo médio dos atrasos nas obras e a justificativa escrita dos aditivos de prazo para a execução dos serviços pactuados entre as construtoras e a administração pública. Em termos metodológicos, a pesquisa é classificada quanto aos meios como documental e quanto aos fins como descritivo. Dentre os resultados, o estudo revela que 80,35% das obras apresentam termo aditivo de tempo, desconsiderando os contratos rescindidos o percentual é de 75,55%, nestes casos, o atraso é de 48,94% em relação ao tempo médio planejado. Nas justificativas dos atrasos a alteração dos projetos aparece com 33,34% o que indica uma falta de planejamento na fase interna do processo de licitação.

Palavras-chave


Obras Públicas. Execução dos Serviços. Aditivos de Tempo.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ALNUAIMI, A. S.; TAHA, R. A.; MOHSIN, M. Al; HARTHI, Ali Al - S. Causes, effects, benefits, and remedies of change orders on public construction projects in Oman. Journal of Construction Engineering and Management, v. 136, n. 5, p. 615-618, May 2010. DOI: https://doi.org/10.1061/(ASCE)CO.1943-7862.0000154

ANTUNES, P. A. L. D. Desvios de prazos e de custos na execução de empreitadas de obras públicas. 2012. 123 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Departamento

de Engenharia Civil – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, 2012.

ASSAF, S. A.; AL-HEJJI, S. Causes of delay in large construction projects. International Journal of Project Management, v. 24, n. 4, p. 349-357, May 2006. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijproman.2005.11.010

BARCAUI, A. B.; BORBA, DA SILVA, I. M.; NEVES, R. B. Gerenciamento do tempo em projetos. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2010.

BARRETO, S. L.; SOUTO, M. J. V. Licitação: conceito, princípios, direito comparado e regulação. Rio de Janeiro: FGV, 2008.

BITTENCOURT, M. F. N.; FERREIRA, P. A. As obras na implementação de políticas públicas: o caso do REUNI. In: ENCONTRO DA ANPAD, 38., Rio de Janeiro, 2014. Anais… Rio de Janeiro: EnANPAD, 2014.

BORGES, C. L. C. Procedimentos para elaboração do projeto básico para obras públicas. Revista Engenharia, São Paulo, v. 588, n. 1, p. 90-95, 2008.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituição/constituição.htm

BRASIL. Lei n. 10.520, de 17 de julho de 2002. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/L10520.htm

BRASIL. Lei n. 12.349, de 15 de dezembro de 2010. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12349.htm

BRASIL. Lei n. 8.666, de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8666cons.htm

BRETAS, E. S. O processo de projetos de edificações em instituições públicas: proposta de um modelo simplificado de coordenação. 2010. 151 f. Dissertação (Mestrado em Construção Civil) – Programa de Pós-Graduação em Construção Civil – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010.

CÂMARA, M. R. G.; BERGAMASCO, F. L. Competitividade e inovação nas empresas de construção civil de Londrina. In: SEMINÁRIO LATINO-IBERO AMERICANO DE GESTIÓN TECNOLÓGICA, Salvador, 2005. Anais… Salvador: ALTEC, 2005.

CANONICO, M. R. S. O. Proposta de processo para a elaboração da fase interna da licitação na contratação de obras de construção civil pelo setor público. 2011. 147 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

CARDOSO, R. S. Orçamento de obras em foco: um novo olhar sobre a engenharia de custos. 2. ed. São Paulo: Pini, 2011.

CARVALHO FILHO, J. dos S. Manual de direito administrativo. 26. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

CASTRO, J. E. E.; ROQUE, R. F.; ROSA, G. S.; BONFIN, N. S. Custos administrativos na construção civil – estudo de caso. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 17., Gramado, 1997. Anais... Gramado: ENEGEP, 1997.

CONFEA. Resolução nº 361/91, de 10 de dezembro de 1991. Dispõe sobre a conceituação de Projeto Básico em Consultoria de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Diário Oficial da União: República Federativa do Brasil, Brasília, 12 dez. 1991.

CORRÊA, C. A.; CORRÊA, H. L. Administração de produção e de operações: manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

COUTINHO, L. S. de A. L. Modelagem do “tempo de execução” de obras civis: estudo de caso na Universidade Federal do Pará – UFPA. 2010. 196 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – Universidade Federal do Pará, Belém, 2010.

CRISTÓBAL, J. R. S. Time, cost and quality in a road building project. Journal of construction engineering and management, v. 135, n. 11, p. 1271-1274. November 2009. DOI: https://doi.org/10.1061/(ASCE)CO.1943-7862.0000094

DI PIETRO, M. S. Z. Direito administrativo. 26. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

DRUCKER, P. F. The effective executive. New York: Harper and Row, 1967.

FIGUEIREDO, L. Planejamento e programação de um projeto de construção civil. 2009. 135 f. Monografia (Graduação em Engenharia de Produção) – Escola Politécnica – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GODOY, A. S. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 3, p. 20-29, maio/jun. 1995. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-75901995000300004

GOMES, R. C. G. A postura das empresas construtoras de obras públicas da grande Florianópolis em relação ao PBQP-H. 2007. 173 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

GUSMÃO, J. R. L. Planejamento na contratação de obras públicas: estudo das disposições legais sobre projeto básico, licenciamento ambiental, definição dos custos e fonte dos recursos no processo de contratação de empreendimentos públicos. 2008. 70 f. Monografia (Especialista em Gerenciamento de Obras) – Escola Politécnica – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2008.

JUSTEN FILHO, M. Curso de direito administrativo. 10. ed. São Paulo: RT, 2014.

LARSEN, J. K.; SHEN, G. Q.; LINDHARD, S. M.; BRUNOE, T. D. Factors affecting schedule delay, cost overrun, and quality level in public construction projects. Journal of Management in Engineering, v. 32, n. 1, p. 1-10, January 2016. DOI: https://doi.org/10.1061/(ASCE)ME.1943-5479.0000391

MÂNICA, F. B.; LAHOZ, R. A. L. Contratos de obra: critérios de medição, pagamento e inconsistência no projeto básico. Revista de Contratos Públicos, v. 3, n. 5, p. 85-97, Fevereiro 2015.

MATIPA, W. M. Total cost management at the design stage using a building product mode. 2008. (Thesis of Doctorate) – Department of Civil and Environmental Engineering – National University of Ireland, Cork, 2008.

MAYR, L. R.; VARVAKIS, G. Ruídos no processo de comunicação: o caso de obras públicas realizadas para a UFSC. In: SEMINÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL, 2., São Paulo, 2005. Anais... São Paulo, 2005

MEIRELLES, H. L. Direito administrativo brasileiro. 23. ed. São Paulo: Malheiros Editores, 1998.

MELLO, C. A. B. de. Curso de direito administrativo. 30. ed. São Paulo: Malheiros, 2013.

MICHEL, M. H. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais: um guia prático para acompanhamento da disciplina e elaboração de trabalhos monográficos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

MIOZZO, M.; DEWICK, P. Building competitive advantage: innovation and corporate governance in European construction. Research Policy: Elselvier, 2005.

ODEH, A. M.; BATTAINEH, H. T. Causes of construction delay: traditional contracts. International Journal of Project Management, v. 20, n. 1, p. 67-73, January 2002. DOI: https://doi.org/10.1016/S0263-7863(00)00037-5

OLIVEIRA, A. F. DE; GUELBERT, T. F.; GUELBERT, M. G. Análise das causas de atrasos em empreendimentos residenciais relacionadas às falhas na gestão de projetos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 6., Ponta Grossa, 2010. Anais... Ponta Grossa: CONBREPRO, 2016.

OLIVEIRA, J. S. de. Custos na construção civil brasileira. 2011. 70 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) – Departamento de Ciências Econômicas – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

RASMUSSEN, A. F. M. Gestão de obras públicas: um diagnóstico sobre aditivos de contratos. 2013. 108 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Instituto de Arquitetura e Urbanismo – Universidade de São Paulo, São Carlos, 2013.

SANTOS, H. de P.; STARLING, C. M. D.; ANDERY, P. R. P. Diagnóstico e análise de aditivos contratuais em obras públicas de edificações. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 15., Maceió, 2014. Anais... Maceió, 2014.DOI: https://doi.org/10.17012/entac2014.193

SANTOS, H. de P.; STARLING, C. M. D.; ANDERY, P. R. P. Um estudo sobre as causas de aumentos de custos e de prazos em obras de edificações públicas municipais. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 15, n. 4, p. 225-242, out./dez. 2015.DOI: https://doi.org/10.1590/s1678-86212015000400048

SILVA, C. F. Análise de falhas em projetos de construção civil. 2015 (artigo) Instituto de Educação Tecnológica - Pós-graduação de Gestão de Projetos em Construção e Montagem. Recuperado de http://www.ietec.com.br/clipping/2015/boletim/agosto/gp-agosto-analise-falhas-projetos-construcao-civil.pdf

SILVA, M. E. M. da. Diretrizes para a gestão de projetos de obras públicas: o caso da UFPA. 2011. 123 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – Universidade Federal do Pará, Belém, 2011.

SOUZA, U. E. L. de. Metodologia para o estudo da produtividade da mão-de-obra no serviço de fôrmas para estruturas de concreto armado. 1996. 280 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) – Escola Politécnica – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.

STOY, C.; SCHALCHER, H. Residential building projects: building cost indicators and

drivers. Journal of Construction Engineering and Management, v. 133, n. 2, p. 139-145, February 2007. DOI: https://doi.org/10.1061/(ASCE)0733-9364(2007)133:2(139)

STRAPASSON, D. C.; SANTOS, A. dos; SANTOS, A. de P. L. Falhas de desempenho devido ao planejamento ineficaz em edificações de ensino públicas. In: ENCONTRO DE ENGENHARIA E TECNOLOGIA DOS CAMPOS GERAIS, 5., Ponta Grossa, 2010. Anais... Ponta Grossa: EETCG, 2010.

TISAKA, M. Orçamento na construção civil - consultoria, projeto e execução. 3. ed. São Paulo: Editora Pini, 2006.

TOLEDO, R. de; ABREU, A. F. de; JUNGLES, A. E. A difusão de inovações tecnológicas na indústria da construção civil. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA, DO AMBIENTE CONSTRUIDO, 2000, Salvador. Anais… Salvador: ENTAC, 2000.

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO – TCU. Obras públicas: recomendações básicas para a contratação e fiscalização de obras de edificações públicas. 3. ed. Brasília: TCU, 2013.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 16. ed. São Paulo: Atlas, 2016.




DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v18i4.2941

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com