A produção acadêmica internacional em práticas e iniciativas na gestão colaborativa em cadeias de suprimentos: um estudo bibliométrico

Valdir Antonio Vitorino Filho, João Batista de Camargo Júnior, Silvio Roberto Ignácio Pires, Ana Rita Tiradentes Terra Argoud

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar a produção acadêmica internacional sobre as principais práticas e iniciativas na gestão colaborativa em cadeias de suprimentos em artigos publicados em periódicos internacionais indexados no Scopus. A pesquisa avaliou publicações no período de 2005 a 2014, utilizando-se de técnicas bibliométricas para identificar ano de publicação, país e periódicos em que esses artigos foram publicados e predominância de temas. No total, a pesquisa investigou 331 artigos com as seguintes práticas e iniciativas colaborativas: Electronic Data Interchange (EDI), Vendor Managed Inventory (VMI), Continuous Replenishment (CR), Efficient Customer Response (ECR) e Collaborative Planning, Forecasting and Replenishment (CPFR). Os resultados da pesquisa demonstram que (a) não existe concentração de publicações em poucos periódicos; (b) existe concentração de publicação sobre os temas em poucos países, destacando-se os Estados Unidos; (c) não existe uma concentração de autores com vários artigos publicados sobre alguma das práticas ou iniciativas; (d) o EDI e VMI são as práticas mais investigadas nos artigos analisados e (e) não há concentração das publicações em algum ano específico, mantendo-se equilibradas as publicações durante o período investigado pela pesquisa.


Palavras-chave


Gestão colaborativa em cadeia de suprimentos. Práticas e iniciativas colaborativas em cadeias de suprimentos. Bibliometria.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪

Referências


ALMEIDA, M. M. K de; MARINS, F. A. S.; TRAMARICO, C. L. O gerenciamento do relacionamento com fornecedores na integração da cadeia de suprimentos: um estudo de caso na indústria eletromecânica. Revista Gestão Industrial, Ponta Grossa, v. 8, n. 3, p. 184-205, 2012. doi: 10.3895/S1808-04482012000300009

ÂNGELO, C. F. de; SIQUEIRA, J. P. L. de. Avaliação das condições logísticas para a adoção do ECR nos supermercados brasileiros. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 4, n. 3, p. 89-106, 2000. doi: 10.1590/S1415-65552000000300006

ARUNACHALAM, S. Science on the periphery: bridging the information divide. In: MOED, H. F. et al. (Ed.). Handbook of quantitative science and technology research. Netherlands: Kluwer, 2004. p. 163-183.

BARRATT, M.; OLIVEIRA, A. Exploring the experiences of collaborative planning initiatives. International Journal of Physical Distribution & Logistics, v. 31, n. 4, p. 266-289, 2001. doi: 10.1108/09600030110394932

BLATHERWICK, A. Vendor-managed inventory: fashion fad or important supply chain strategy? Supply Chain Management: An International Journal, Bingley, v. 3, n. 1, p. 10-11, 1998. doi: 10.1108/13598549810200825

CACHON, G.; FISHER, M. Campbell soup’s continuous replenishment program: evaluation and enhanced inventory decision rules. Production and Operations Management, Hobokoen, v. 6, n. 3, p. 266-276, 1997. doi: 10.1111/j.1937-5956.1996.tb00430.x

CAMARGO JUNIOR, J. B. Um modelo de utilização de computação em nuvens para empresas atuando em cadeias de suprimentos operando no Brasil. 2015. 170 f. Tese (Doutorado em Administração) – Faculdade de Gestão e Negócios, Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, 2015.

CHEN, L. T. Dynamic supply coordination under consignment and vendor managed inventory in retailer-centric BSB electronic markets. Industrial Marketing Management, Amsterdam, v. 42, n. 4, p. 518-531, 2013. doi: 10.1016/j.indmarman.2013.03.004

CHRISTOPHER, M.; TOWILL, D. An integrated model for the design of agile supply chains, International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, Bingley, v. 31, n. 4, p. 235-246, 2001. doi: 10.1108/09600030110394914

COLLIS, J.; HUSSEY, R. Pesquisa em administração: um guia prático para alunos de graduação e pós-graduação. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 2012.

CORSTEN, D.; KUMAR, N. Do suppliers benefit from collaborative relationships with large retailer? An empirical investigation of efficient consumer response adoption. Journal of Marketing, Chicago, v. 69, n. 3, p. 80-94, 2005. doi: 10.1509/jmkg.69.3.80.66360

COX, A. The art of possible: Relationship management in power regimes and supply chains. Supply Chain Management: An International Journal, Bingley, v. 9, n. 5, p. 346-356, 2004.

ECR BRASIL. Os novos desafios do gerenciamento por categorias. Boletim da Associação ECR Brasil sobre eficiência empresarial, São Paulo, ano 1, n. 2, nov. 2001. Disponível em: . Acesso em: 3 maio 2017.

ELSEVIER. Scopus content. Elsevier, Amsterdam, 2015. Disponível em: < http://www.elsevier.com/solutions/scopus/content>. Acesso em: 8 jul. 2015.

FERREIRA, K. A.; ALVES, M. R. P. A. Logística e troca eletrônica de informação em empresas automobilísticas e alimentícias. Produção, São Paulo, v. 15, n. 3, p. 434-447, 2005. doi: 10.1590/S0103-65132005000300012

GOVINDAN, K. Vendor-managed inventory: a review based on dimensions. International Journal of Production Research, London, v. 51, n. 13, p. 3808-3835, 2013. doi: 10.1080/00207543.2012.751511

HARIGA, M., et al. A vendor managed inventory model under contractual storage agreement. Computers & Operations Research, Amsterdam, v. 40, n. 8, p. 2138 2144, 2013. doi: 10.1016/j.cor.2013.03.005

HOFFMAN, J. M.; MEHRA, S. Efficient consumer response as a supply chain strategy for grocery businesses. International Journal of Service Industry Management, Bingley, v. 11, n. 4, p. 365-373, 2000. doi: 10.1108/09564230010355386

KNOFF, L. L. et al. Mapeamento de publicações científicas sobre estratégia de manufatura: uma abordagem baseada em processos. Revista Produção Online, Florianópolis, v. 14, n. 1, p. 403-429, 2014. Doi: 10.14488/1676-1901.v14i2.1043

KURNIA, S.; SWATMAN, P. M. C.; SCHAUDER, D. Efficient consumer response: a preliminary comparison of US and European experiences. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ELECTRONIC COMMERCE, 11., 1998, Bled. Proceedings… New York: Association for Computing Machinery, 1998. p. 126-143.

LAMBERT, D. M.; COOPER, M. C.; PAGH, J. D. Supply chain management: implementation issues and research opportunities. The International Journal of Logistics Management, Bingley, v. 9, n. 2 , p. 1-20, 1998. doi: 10.1108/09574099810805807

LEE, J. Y.; REN, L. Vendor-managed inventory in a global environment with Exchange rate uncertainty. Internationl Journal of Production Economics, Amsterdam, v. 130, n. 2, p. 169-174, 2011. doi: 10.1016/j.jipe.2010.12.006

MACHUCA, J. A. D.; BARAJAS, R. P. The impact of electronic data interchange on reducing bullwhip effect and supply chain inventory costs. Transportation Research Part E: Logistics and Transportation Review, Amsterdam, v. 40, n. 3, p. 209-228, 2004. doi: 10.1016/j.tre.2003.08.001

MARTENS, B. J.; DOOLEY, F. J. Food and grocery supply chain: a reappraisal of ECR performance. International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, Bingley, v. 40, n. 7, p. 534-549, 2010. doi: 10.1108/09600031011071993

PEREIRA, S. E. H.; PIRES, S. I. R.; SILVA, E. M. da. Análise da prática do VMI no abastecimento de oxigênio e de materiais de consumo de um hospital público. In: SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGÍSTICA E OPERAÇÕES INTERNACIONAIS – SIMPOI, 16., 2013, São Paulo. Anais… São Paulo: FGV-EASP, 2013. p. 1-16.

PIRES, S. R. I. Gestão da cadeia de suprimentos (supply chain management): conceitos, estratégias, práticas e casos. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

PORTAL EDI. O que é EDI? Disponível em: . Acesso em: 25 out. 2013.

RESENDE, P. T. V. de; MENDONÇA, G. D. CPFR: uma técnica colaborativa aplicada ao contexto corporativo brasileiro. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO – ANPAD, 30., 2006, Salvador. Anais…, Salvador: ANPAD, 2006

RIZZARDO JUNIOR, M. A. G.; PORTO, R. M. CPFR – Collaborative Planning Forecasting and Replenishment: indústria e varejo aprimorando a gestão de estoques no setor de alimentos. In: SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGÍSTICA E OPERAÇÕES INTERNACIONAIS – SIMPOI, 11., 2008, São Paulo. Anais… São Paulo: FGV-EASP, 2008. p. 1-14

RODRIGUES, M. C. N.; PROVIDELLO, M. N. de L.; BAGNO, R. B. A influência da engenharia de produção nos serviços de atendimento à saúde: estudo bibliométrico focado em técnicos operacionais. Revista Produção Online, Florianópolis, v. 16, n.1, p. 242-262, 2016. doi: 10.14488/1676-1901.v16il.2088

RODRIGUES, D. M.; SELLITTO, M. A. Práticas logísticas colaborativas: o caso de uma cadeia de suprimentos da indústria automobilística. Revista de Administração, São Paulo, v. 43, n. 1, p. 97-111, 2008.

SAAB JUNIOR, J. Y.; CORRÊA, H. L. Cadeia de abastecimento: gestão do estoque pelo distribuidor. Revista de Administração de Empresas, v. 48, n. 1, p. 48-62, 2008.

TAN, K. C.; KANNAN, V. R.; HSU, C. C. Supply chain information and relational alignments: mediators of EDI on firm performance. International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, Bingley, v. 40, n. 5, p. 377-394, 2010. doi: 10.1108/09600031011052831

VOLUNTARY INTERINDUSTRY COMMERCE STANDARDS. Collaborative Planning, Forecasting and Replenishment (CPFR). 2004. Disponível em: . Acesso em: 18 set. 2013.

VITORINO FILHO, V. A. et al. Gestão colaborativa em cadeias de suprimentos: um estudo bibliométrico. Gestão & Regionalidade, v. 32, n. 96, p. 111-134, 2016. doi: 10.13037/gr.vol32n96.3527

VITORINO FILHO, V. A. et al. A produção acadêmica internacional em gestão de operações: um estudo bibliométrico. Revista Produção Online, Florianópolis, v. 15, n. 1, p. 21-49, 2015. doi: 10.14488/1676-1901.v15il.1574

VIVALDINI, M. O prestador de serviços logísticos como agente integrador em cadeias de suprimentos: uma proposta de sistematização conceitual. 2007. 167 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade Metodista de Piracicaba, Santa Bárbara do Oeste, 2007.

VIVALDINI, M.; PIRES, S. R. I.; SOUZA, F. B. de. Fatores não tecnológicos envolvidos na implementação e gestão de um CPFR. In: SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGÍSTICA E OPERAÇÕES INTERNACIONAIS – SIMPOI, 11., 2008, São Paulo. Anais… São Paulo: FGV-EASP, 2008. p. 1-14.

VIVALDINI, M.; PIRES, S. R. I.; SOUZA, F. B. de. Importância dos fatores não tecnológicos na Implementação do CPFR. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 289-309, 2010.

VIVALDINI, M.; SOUZA, F. B. de. O relacionamento colaborativo na cadeia de suprimentos do McDonald’s. In: SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO – SIMPEP, 13., 2006, Bauru. Anais… Bauru: Unesp, 2006.

WANKE, P. Efficient consumer response (ECR): a logística de suprimentos just-in-time aplicada ao varejo. 2001. Disponível em: . Acesso em: 18 set., 2013.

WANKE, P. Uma revisão dos programas de resposta rápida: ECR, CRP, VMI, CPFR, JIT II. Especialistas em Logística e Supply Chain, Rio de Janeiro, 10 jun. 2004. Disponível em: . Acesso em: 18 set., 2013.

YU, Y.; WANG, Z.; LIANG, L. A vendor managed inventory supply chain with deteriorating raw materials and products. International Journal of Production Economics, Amsterdam, v. 136, n. 2, p. 266-274, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.14488/1676-1901.v17i2.2462

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com