Estudo de caso de um condomínio industrial na indústria automobilística: caso GM Gravataí

Patrícia Guarnieri, Kazuo Hatakeyama, Luis Mauricio de Resende

Resumo


O segmento automobilístico é considerado um dos mais representativos no setor industrial, por representar grande fonte de empregos e renda, além de ser o precursor de diversos conceitos/técnicas gerenciais e inovações tecnológicas. No entanto, as indústrias automobilísticas sofrem constantes pressões do mercado, dentre as quais: a redução de custos, a melhoria nos processos de qualidade e de atendimento, a redução dos ciclos de vida dos produtos, o atendimento de novos mercados e mais recentemente a busca incessante pelo sucesso do gerenciamento de sua cadeia de suprimentos. O principal objetivo do presente artigo é apresentar a evolução dos conceitos desenvolvidos na indústria automobilística, até o modelo inovador do condomínio industrial administrado no contexto do GCS. Para isso construiu-se um referencial teórico e apresentaram-se as práticas de uma das maiores montadoras de veículos estabelecida no Brasil, mais especificamente em Gravataí-RS. Trata-se da GMB – General Motors do Brasil, que é considerada modelo mundial na implementação do modelo de condomínio industrial. Através da iniciativa desta empresa, percebe-se que o conceito de GCS é perfeitamente aplicável, pois, no final do processo, todos os componentes da cadeia são beneficiados, o que se reflete na redução de seus custos e no crescimento conjunto da montadora e de seus fornecedores.

Palavras-chave


gerenciamento da cadeia de suprimentos, produção modular, condomínio industrial.

Texto completo:

artigo como citar ♪audio♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v9i1.199

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com