Uma proposta de estrutura e utilização do gerenciamento de processos de negócio (BPM)

Autores

  • Rafael Araujo Kluska Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. R. Imaculada Conceição, 1155, Curitiba, Paraná, Brasil.
  • Edson Pinheiro de Lima ¹ Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. R. Imaculada Conceição, 1155, Curitiba, Paraná, Brasil. ² Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Curitiba-PR. Av. Sete de Setembro, 3165, Curitiba, Paraná, Brasil.
  • Sergio Eduardo Gouvêa da Costa ¹ Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. R. Imaculada Conceição, 1155, Curitiba, Paraná, Brasil. ² Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Curitiba-PR. Av. Sete de Setembro, 3165, Curitiba, Paraná, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.14488/1676-1901.v15i3.1867

Palavras-chave:

Gerenciamento de Processos de Negócio. Modelagem de Processos. Processos Organizacionais.

Resumo

Os Processos organizacionais, também chamados de processos de negócio, tornaram-se estruturas fundamentais para o gerenciamento das organizações modernas. Segundo alguns autores, conhecer o fluxo de trabalho das organizações é uma condição necessária para o desenvolvimento de processos de melhoria contínua. São evidentes os benefícios e vantagens proporcionados pela utilização de uma abordagem fundamentada no gerenciamento de processos BPM (Business Process Management). Dentre os benefícios, são apontados ganhos de eficiência, qualidade e flexibilidade, além de outros aspectos para que se criem vantagens competitivas sustentáveis. Há na literatura de BPM estudos abrangentes sobre o tema, no qual pode-se observar diversas definições e elementos que caracterizam as diferentes aplicações. O objetivo deste artigo é propor um framework conceitual de interligação entre os elementos BPM, buscando um melhor entendimento sobre os processos organizacionais e atuação no ambiente da gestão organizacional. São realizados estudos exploratórios de identificação e classificação de elementos BPM. Para analisar as interligações entre eles realizou-se uma revisão da literatura e desenvolveu-se um estudo sobre a utilização profissional do BPM. Como resultados é apresentado um conjunto de elementos BPM na forma de: metodologias, técnicas e ferramentas que compõem ou possam ser ligados de forma funcional à estrutura conceitual do BPM. Com esta pesquisa é possível afirmar que os resultados da aplicação do BPM não se limitam à busca do aumento de eficiência operacional, podendo também ser considerado elemento chave de suporte à gestão organizacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Araujo Kluska, Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. R. Imaculada Conceição, 1155, Curitiba, Paraná, Brasil.

É graduado em Engenheiro de Controle e Automação pela PUCPR - 2011, Mestrando em Engenharia de Produção e Sistemas pela PUCPR - 2014, Doutorando no Programa de pós-Graduação de Eng. de Produção e Sistemas na PUCPR. Atua diretamente no mercado de BPM como diretor da empresa de Gestão e tecnologia FLUXO Business Automation. Especialista em BPM – Gerenciamento de Processos de Negócio; Desenvolvimento de Softwares; Desenvolvimento de produtos; Gerenciamento de Projetos;
Consultoria de Produção e Automação Empresarial. Atua juntamente com a empresa Maxplan Projetos & Consultoria, onde atua diretamente voltado ao desenvolvimento de projetos e consultorias na área de Engenharia Econômica e no desenvolvimento de Pequenas, Médias e Grades Empresas.

Edson Pinheiro de Lima, ¹ Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. R. Imaculada Conceição, 1155, Curitiba, Paraná, Brasil. ² Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Curitiba-PR. Av. Sete de Setembro, 3165, Curitiba, Paraná, Brasil.

é graduado em Engenharia Industrial pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (1989), mestre em Engenharia Elétrica - ênfase automação - pela Universidade Estadual de Campinas (1993) e doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001). Desenvolveu, no período de dezembro de 2006 a novembro de 2007, um projeto de estágio pós-doutorado apoiado pelo CNPq, no grupo de pesquisa em Gestão de Operações da Escola de Negócios da Universidade de Warwick no Reino Unido, no tema gestão estratégica de operações. Em 2000, como pesquisador associado, desenvolveu um estágio de doutorado sanduíche com apoio da CAPES, no laboratório de Engenharia de Organização e Logística do departamento de Engenharia de Organização, Administração de Empresas e Estatística da Escola Técnica Superior de Engenheiros Industriais da Universidade Politécnica de Madri. Atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica do Paraná e membro do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas, professor associado (ensino superior) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, membro fundador do Grupo Produtrônica da PUCPR e membro da Diretoria da Society for Engineering and Management Systems do Institute of Industrial Engineers, editor associado da revista Engineering Management Journal (ASEM/USA), membro do corpo editorial da revista Produção (ABEPRO) e membro do conselho científico da revista Produto e Produção, avaliador de projetos da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná e da Fundação de Apoio a Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina, avaliador ad hoc das revistas GEPROS, Sistemas & Gestão, Produção online, Produção e Brazilian Journal of Operations and Prodution Management, e das revistas internacionais International Journal of Production Economics (Elsevier/Science Direct), Industrial Management and Data Systems (Emerald), International Journal of Productivity and Performance Management (Emerald), Management Research Review (Emerald), International Journal of Production Research (Taylor and Francis), IMA Journal of Management Mathematics (Oxford University Press), Engineering Management Journal (ASEM) e Latin American Business Review (Taylor and Francis). Desenvolve pesquisas nas áreas de Engenharia de Produção e Gestão de Operações, especificamente em temas relacionados a: estratégia de operações, gestão estratégica de desempenho, projeto organizacional de sistemas de produção, gestão estratégica do conhecimento e operações sustentáveis.

Sergio Eduardo Gouvêa da Costa, ¹ Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. R. Imaculada Conceição, 1155, Curitiba, Paraná, Brasil. ² Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Curitiba-PR. Av. Sete de Setembro, 3165, Curitiba, Paraná, Brasil.

é graduado em Engenharia Industrial Elétrica pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR-1989), com mestrado em Engenharia Elétrica (Automação) pela Universidade Estadual de Campinas (UNCAMP-1993) e doutorado em Engenharia (Produção) pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP-2003). Fez o Doutorado Sanduíche no Institute for Manufacturing da Universidade de Cambridge, Inglaterra (2000-2001). Realizou Pós-Doutorado no Edward P. Fitts Department of Industrial and Systems Engineering da North Carolina State University (EUA). É Professor Titular (Gestão de Operações) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e Professor Associado da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). É Presidente 2013-2015 da International Foundation for Production Research (IFPR) e Vice President - Americas 2014-2017 da Production and Operations Management Society (POMS). Na Engenharia Industrial atua principalmente nos seguintes temas: estratégia de operações (manufatura e serviços), gestão da energia, Lean Production, sistemas de medição de desempenho e operações sustentáveis.

Publicado

2015-09-15

Como Citar

Kluska, R. A., Lima, E. P. de, & Costa, S. E. G. da. (2015). Uma proposta de estrutura e utilização do gerenciamento de processos de negócio (BPM). Revista Produção Online, 15(3), 886–913. https://doi.org/10.14488/1676-1901.v15i3.1867

Edição

Seção

Artigos