Fatores críticos de sucesso e critérios de sustentabilidade na gestão de mudanças organizacionais: um estudo de caso em uma empresa do ramo químico e petroquímico

Paulo André Souto Mayor Reis, Fernando Gonçalves Amaral

Resumo


As mudanças podem ser vistas como situações corriqueiras dentro do processo de gestão de uma organização. Dois elementos são contribuintes como sistemáticas de apoio às mudanças: a Gestão (ou Gerenciamento) das Mudanças (GM) e os Fatores Críticos de Sucesso (FCS) para a mudança, que desejavelmente deveria ser também sustentável. O objetivo do presente artigo consiste em identificar quais FCS são determinantes no processo de Mudança Organizacional (MO), em particular na abordagem da prática de GM de uma empresa química e petroquímica brasileira, associados com a inclusão da gestão proativa da sustentabilidade empresarial, através de Critérios de Sustentabilidade (CS). A metodologia adotada para a pesquisa foi o estudo de caso. Os principais resultados identificaram quarenta e cinco FCS relacionados ao processo de gestão da mudança organizacional e o modelo da Global Report Initiative (GRI) como o mais adotado no meio empresarial mundial.[1] Foram identificadas contribuições da literatura em FCS no processo de GM vigente na organização, tais como “comunicação constante e eficiente” e “recursos”, de forma a incorporar práticas ao modelo atual de gestão da MO. As dimensões de FCS mais relevantes no estudo de caso foram “liderança” e “recursos”. Quanto aos CS, foi verificada junto aos respondentes uma visão que enfatiza a dimensão ambiental a despeito da social e econômica, assim como lacunas em ambientação dos mesmos em relação a conceitos de sustentabilidade e sua conexão com FCS na MO.


[1] Este texto é resultado de dissertação de mestrado de Paulo André S. M. Reis


Palavras-chave


Fatores Críticos de Sucesso. Mudança Organizacional. Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v16i1.1840

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com