Desempenho relativo de regras de prioridade para programação de flow shop híbrido com tempos de setup

Helio Yochihiro Fuchigami, João Vitor Moccellin

Resumo


Este trabalho aborda o problema de programação de flow shop híbridos com tempos de setup explícitos e independentes da sequência de tarefas. Este ambiente de produção é um sistema multiestágio com fluxo unidirecional de tarefas, onde cada estágio pode conter múltiplas máquinas disponíveis para processamento. A medida otimizada foi a duração total da programação (makespan). O objetivo foi propor novas regras de prioridade e avaliar o seu desempenho relativo no sistema produtivo considerado por meio da porcentagem de sucesso, desvio relativo médio, desvio-padrão do desvio relativo e tempo médio de computação. A experimentação computacional indicou que as regras que utilizam a ordenação crescente dos tempos de processamento e setup do primeiro estágio (SPT1 e SPT1_ERD) apresentam melhor desempenho, perfazendo juntas mais de 56% de sucesso.

Palavras-chave


Flow shop híbrido. Regras de prioridade. Setup independente. Heurísticas

Texto completo:

PDF ♪ÁUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v15i4.1791

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com