Avaliação do desempenho ambiental de uma empresa de tratamento superficial de alumínio

Susan Catieri Ramalho, Miguel Afonso Sellitto

Resumo


O objetivo deste artigo foi avaliar o desempenho ambiental de uma empresa de tamanho médio que presta serviços de tratamento superficial de alumínio. O tratamento é conhecido como anodização. O método de pesquisa foi a modelagem numérica qualitativa. O desempenho ambiental da empresa foi organizado em cinco construtos: atmosfera, efluentes, recursos naturais e energéticos, resíduos sólidos, e legislação e gestão. Dezenove indicadores foram escolhidos para explicar os cinco construtos. Dez colaboradores da empresa priorizaram os construtos e avaliaram a situação dos indicadores por meio de uma escala de avaliação. Por meio de modelo matemático, o desempenho geral ambiental da operação foi calculado em 74,5% do máximo possível. Os indicadores que mais contribuíram para que o desempenho não fosse de 100% foram consumo de energia elétrica e consumo de água. O construto de pior desempenho foi Recursos Naturais e Energéticos. Estas são as prioridades para futuras ações de melhoria ambiental que a empresa venha a promover.


Palavras-chave


Desempenho Ambiental. Gestão Ambiental. Impactos Ambientais.

Texto completo:

ARTIGO ♪ÁUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v13i3.1357

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com