A teoria da solução inventiva de problemas integrada à produção mais limpa: abordagem teórica

Flávio Issao Kubota, Leandro Cantorski da Rosa

Resumo


Esforços visando à redução de impacto ambiental negativo por parte das empresas são um processo de resolução de problemas, os quais muitas vezes necessitam de soluções inventivas que gerem benefícios ambientais, técnicos e econômicos. Assim, esta pesquisa objetivou verificar, por meio da literatura, e discutir a integração da Teoria da Solução Inventiva de Problemas (TRIZ) às estratégias da produção mais limpa (PML), visando à estruturação de uma nova metodologia para a geração de soluções inventivas voltadas à redução de efluentes, resíduos e emissões. Para realizar este estudo, procedeu-se uma pesquisa de caráter qualitativo e natureza descritiva, com estratégia de coleta documental de dados. Os resultados evidenciam que há predominância de trabalhos no nível 1 da PML, com maior enfoque em melhorias no produto, uma quantidade menor de pesquisas em modificações no processo (nível 1) e em reciclagem interna (nível 2), e não se obteve evidências da TRIZ utilizada no nível 3 (reciclagem externa e ciclos biogênicos). A integração proposta é promissora, uma vez que ambas as metodologias buscam a situação ideal e a redução de problemas. Ao final, detectaram-se oportunidades para aplicação da TRIZ em processos produtivos, por meio da análise funcional e do Resultado Final Ideal (RFI), podendo essas ferramentas direcionar as equipes para a otimização de sistemas técnicos.

Palavras-chave


TRIZ. Produção mais limpa. Ecodesign. Melhoria de processos.

Texto completo:

ARTIGO ♪AUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v13i1.1129

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com