Fluxos de informação e conhecimento no desenvolvimento de produto na indústria automotiva – uma comparação entre as redes formal e informal

Renelson Ribeiro Sampaio, Marcelus Moraes, Francisco Uchoa Passos

Resumo


Para manter vantagem competitiva, as empresas têm que inovar. Assim, alta qualidade, baixo custo e diversidade de produtos passaram a ser condição de partida para a competitividade. Em consequência, velocidade e flexibilidade em projetos de novos produtos são cruciais, pois estes fatores estão relacionados à capacidade de as empresas responderem adequadamente às pressões por inovações. Como se sabe, a inovação normalmente está relacionada à introdução de algo novo em um determinado processo de trabalho, do qual se geram novos produtos ou serviços. Para tanto, a capacidade de as pessoas compartilharem informações passa a ser vista como fator fundamental, contribuindo substancialmente para a realização das inovações de processos e produtos. Considerando estes aspectos, o presente trabalho busca acompanhar os processos de desenvolvimento de produtos de uma empresa automobilística, com vistas a mapear os fluxos de informação e conhecimento que se estabelecem nestes processos. A principal contribuição deste estudo ocorre na análise crítica da rede social estabelecida em determinado momento do desenvolvimento de um projeto. Essa análise oferece uma estimativa do nível de difusão de informação e conhecimento entre os membros da equipe, bem como faz a comparação entre a rede social mapeada empiricamente e a rede formal definida, a priori, nos procedimentos escritos da empresa.


Palavras-chave


Desenvolvimento automobilístico, Desenvolvimento de Produto, Inovação, Modelo SECI, Redes Sociais.

Texto completo:

ARTIGO ♪AUDIO♪


DOI: https://doi.org/10.14488/1676-1901.v13i1.1112

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


R. Eletr. de Eng. de Produção e Correlatas - ISSN 1676-1901 Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. © 2002 / Todos os direitos reservados Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).                           Contato: producaoonline@gmail.com